29 C
Petrolina,PE
15 de agosto de 2020

Carlos Britto

59523 POSTS 65 COMENTÁRIOS

Com presença do presidente da Caixa, Miguel Coelho faz entrega simbólica de unidade do Residencial Novo Tempo 6

1
Foto: Jonas Santos/PMP divulgação

A partir desta sexta-feira (14), o sonho da casa própria passa a ser realidade para 227 famílias que moravam em condições desumanas em Petrolina. O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, e o prefeito Miguel Coelho entregaram o conjunto habitacional Novo Tempo 6, que integra o Programa ‘Minha Casa Minha Vida’. O residencial foi construído com investimento de R$ 18 milhões, beneficiando moradores de uma área invadida que aglomerava moradias precárias.

Apesar de toda a estrutura estar pronta, a solenidade restringiu a entrega das chaves para apenas cinco famílias por conta das medidas de prevenção ao novo coronavírus (Covid-19). Na ocasião também estavam presentes o senador Fernando Bezerra Coelho e integrantes da administração municipal. Esses moradores e os demais irão residir em casas com área de 42m², com sala, dois quartos, banheiro, cozinha, chuveiro com água quente e área de serviço. O residencial é estruturado por ruas pavimentadas, arborização, iluminação, saneamento, praças e equipamentos esportivos.

Cumprindo agenda pela quinta vez em Petrolina, Guimarães adiantou que o banco federal pretende criar linhas de crédito para auxiliar as famílias do Novo Tempo 6 e outros beneficiários de residenciais. “Estamos discutindo ofertar microcrédito dentro das áreas de habitação popular, ou seja, fazer a inserção dessas pessoas no crédito, na educação financeira“, disse o presidente.

Já Miguel Coelho destacou os investimentos superiores a R$ 150 milhões realizados pela Caixa em diversas áreas. “O habitacional é apenas um dos investimentos aqui em Petrolina. A Caixa garantiu recursos para fazermos o maior programa de pavimentação da história de Petrolina, reformas em equipamentos públicos entre outras ações que somam mais de R$ 150 milhões“, enumerou o prefeito.

PT de Sobradinho decide afastar ex-prefeito Genilson Silva e mais três filiados por infidelidade partidária

1
Foto: arquivo/divulgação

Em nota divulgada nesta sexta-feira (14), o PT de Sobradinho (BA), por  meio do seu diretório municipal, decidiu afastar das atividades partidárias quatro membros da legenda, incluindo o ex-prefeito Genilson Silva (foto), por infidelidade. Os demais punidos são os filiados Francisco José Ferreira, Nilton Severino da Silva e Paulo José Macedo – este último nomeado ontem (13) pelo prefeito Luiz Vicente Berti como secretário de Desenvolvimento e Assistência Social do município.

De acordo com a nota, a decisão dos seus quadros de aderir ao governo atual “são de ordem pessoal e não representam o partido“. Por esse motivo o diretório entendeu que os quatro deveriam ser afastados das atividades “até que a comissão de ética e disciplina apure as infrações”.

A nota ressalta ainda que um pedido de apuração foi encaminhado para o conselho de ética da legenda para aplicar a punição definitiva aos infiéis. Na nota o diretório reitera que o pré-candidato Tiziu “representa o projeto do Partido dos Trabalhadores no âmbito do município de Sobradinho“.

Bahia prorroga suspensão de aulas estaduais e eventos até 30 de agosto

0

O governador da Bahia, Rui Costa, prorrogou até 30 de agosto o decreto que proíbe a realização de eventos com mais de 50 pessoas e atividades em escolas das redes pública e privada estadual. A medida foi publicada na edição desta sexta-feira (14) do Diário Oficial do Estado (DOE).

O decreto proíbe todas as atividades que envolvem aglomeração de pessoas como shows, feiras, apresentações circenses, eventos científicos, passeatas, bem como abertura e funcionamento de zoológicos, museus e teatros – entre outros.

Juazeira chega a 70 óbitos e soma 1.602 curas clínicas do novo coronavírus

0

A Secretaria de Saúde (Sesau) de Juazeiro (BA) registrou no seu boletim desta sexta-feira (14) mais 50 casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19). São 31 pacientes do sexo feminino, 19 do sexo masculino e 4 profissionais de saúde. A faixa etária dos novos casos é de 2 meses (bebê) a 77 anos; dos resultados obtidos, 43 foram por testes rápidos, 3 pelo Método Swab e 4 pelo Laboratório Central (Lacen) de Salvador (BA). Os 50 pacientes estão em isolamento domiciliar. Juazeiro registra agora 3.443 pessoas infectadas.

Outros 53 pacientes se recuperaram da Covid-19. Agora o município soma 1.602 curas clínicas.

Os óbitos registrados neste boletim ocorreram nos dias 11 e 12 de agosto, mas as declarações só chegaram nesta sexta à Vigilância em Saúde do município. No dia 11 foram dois pacientes do sexo masculino: um de 72 anos que estava internado no Hospital Regional de Juazeiro (HRJ) e como comorbidades tinha doença pulmonar obstrutiva crônica e insuficiência renal aguda; o outro tinha 56 anos, estava internado no Hospital Neurocardio, em Petrolina (PE), sem histórico de comorbidades. O paciente falecido no dia 12 também é do sexo masculino, tinha 77 anos, estava internado no Hospital Unimed e não havia descritivo de comorbidades. Com estes registros, Juazeiro contabiliza 70 óbitos pela Covid-19.

A Sesau já realizou 13.283 exames, com 9.840 testes negativos para a Covid-19. Dos 3.443 casos confirmados, 1.876 são do sexo feminino, 1.567 do sexo masculino e, destes, 229 são profissionais de saúde. Nesta sexta  mantêm-se em isolamento domiciliar 1.744 pacientes e 27 estão internados sendo 10 em UTI e 17 em leitos intermediários. A lista completa de internamentos nas unidade de saúde do município e na Rede PEBA (Pernambuco-Bahia) pode ser acessada pelo link.

Vazamento desperdiça água limpa no Centro de Petrolina; Compesa enviará equipe

0
Foto: Reprodução/WhatsApp

Comunitários da Rua Ouricuri, no Centro de Petrolina, entraram em contato com o Blog em busca de uma solução para um vazamento que vem causando desperdício de água limpa na via. Segundo eles, o problema começou no último final de semana. “Desde sábado está vazando água limpa, liguei várias vezes para Compesa e não apareceu ninguém”, contou uma moradora.

A reportagem entrou em contato com a assessoria de comunicação da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), que informou que o reparo do extravasamento está programado para ser realizado nesta sexta-feira (14).

Cerca de 1,5 mil animais silvestres ganharam a liberdade este ano em Pernambuco, segundo CPRH

0
Foto: Paulo Braga/LIAR-UFRPE

Em tempos de pandemia causada pelo novo coronavírus (Covid-19), a recomendação para ficar em casa e manter o distanciamento social só é válida para as pessoas. Lugar de animal silvestre é nas áreas de matas, longe de cativeiros, para que possam correr ou voar livres e soltos de qualquer amarra ou gaiola. Por isso a Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH), através da Unidade de Gestão de Fauna Silvestre, realizou, de janeiro até a primeira quinzena deste mês, a soltura de aproximadamente 1,5 mil animais silvestres de diversas espécies, tais como aves, pássaros, répteis e mamíferos.

Na última soltura, terça-feira (11), A CPRH reintroduziu 55 animais na natureza. Eles foram soltos numa Área de Preservação Ambiental (APA), unidade de conservação administrada pela CPRH, localizada no litoral Norte. Nesta ação, sete jacarés-de-papo-amarelo, 12 timbus de orelha branca, 16 cágados de barbicha, um cágado muçuã, 13 jiboias, duas cobras verdes, uma cobra caninana, uma cobra d’água e duas capivaras ganharam a liberdade, após passarem um período de tratamento e readaptação no Centro de Triagem de Animais Silvestres de Pernambuco (Cetas Tangará), órgão da CPRH. 

Segundo o biólogo e coordenador do Cetas Tangará, Yuri Marinho, depois de ganharem a liberdade, os animais vão em busca de um lar para cumprir seu papel na natureza, entre os quais, manter o equilíbrio do ecossistema. “Esses animais vão poder agora tentar achar um novo lar, já que, diante do desmatamento, a ocupação desordenada e os efeitos do desenvolvimento industrial fazem com que a cada dia mais animais precisem tentar aumentar seu nicho para áreas cada vez mais urbanas. Torcemos por dias com mais verde e casa para nossa fauna tão ameaçada”, explicou.

Petrolina inicia caminhada para se tornar ‘cidade inteligente’ e atrair empresas de inovação

1
Foto: Alexandre Justino/PMP divulgação

Petrolina iniciou sua caminhada para se tornar a ‘cidade da inovação’. O primeiro passo foi dado nesta quinta (13), com a assinatura de um decreto instituindo o programa Sandbox – um laboratório vivo para desenvolvimento de soluções tecnológicas e incentivo a empresas desse segmento.

O pacto foi firmado entre o prefeito Miguel Coelho, o presidente da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), Igor Calvet, e o secretário nacional de Mobilidade e Desenvolvimento Regional e Urbano, Tiago Queiróz. A prefeitura instituirá uma zona com menos burocracia para a instalação de iniciativas do ramo de inovação. Já os órgãos do governo federal entrarão com um investimento de R$ 7,5 milhões para desenvolvimento de experiências que melhorem a qualidade de vida na cidade como semáforos e iluminação pública inteligentes, câmeras de alta definição e softwares de inteligência artificial para reconhecimento facial e de placas de veículos.

Será o primeiro laboratório vivo do Sertão brasileiro, segundo a ABDI. Com essa estrutura, no futuro, será possível também atrair investimentos para testar tecnologias de bicicletas compartilhadas, carros elétricos compartilhados, monitoramento climático e meteorológico, hidrômetros inteligentes, lixeiras inteligentes, monitoramento e atuação por drones, geração de energia solar, entre outros.

Segundo Miguel Coelho, as empresas já estão liberadas para se instalarem e iniciarem seus protótipos e suas fases de preparação. “É uma semente que a gente está plantando aqui no Sertão do São Francisco para colher bons frutos no futuro. Buscamos, com isso, criar mais conexões e muito mais possibilidades para um futuro inovador”, disse o prefeito, vislumbrando a cidade sertaneja como um polo de inovação no semiárido.

Startups

No laboratório, que será implantado no Centro de Petrolina, tecnologias de cidades inteligentes serão testadas e validadas. O ambiente terá a participação de startups, empresas de base tecnológica, e parceria com o ecossistema de inovação regional. “Petrolina é a primeira cidade no Nordeste com o primeiro laboratório vivo do Sertão. A parceria com a prefeitura é muito importante e, certamente, vai dar à cidade a dianteira na área de adoção de tecnologias”, afirmou Igor Calvet.

Alepe publica lei que regula descarte de máscaras e EPIs durante a pandemia

1
Foto: PIXABAY

O descarte de máscaras e Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) contra a Covid-19 em vias e logradouros públicos e em recipientes de lixo domiciliar ou comercial em Pernambuco agora é regulamentado pela Lei Estadual nº 17.018, publicada no Diário Oficial da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) desta sexta-feira (14). A Lei irá vigorar enquanto durar o estado de calamidade pública em decorrência da doença causada pelo novo coronavírus.

O acondicionamento, a separação, o manejo e o descarte das peças não pode ser feito junto com outros materiais recicláveis. O objetivo é evitar a propagação da Covid-19, assim como proteger o meio ambiente e os profissionais que trabalham na coleta e no tratamento de recicláveis e resíduos sólidos. A fiscalização do cumprimento da Lei é de responsabilidade do Governo do Estado.

Para o descarte, as máscaras e os EPIs devem ser separados de outros tipos de lixo, como não reutilizáveis e lixo comum. Os equipamentos ainda devem ser colocados em sacos duplos, um dentro do outro, com, no máximo, até dois terços da capacidade preenchida. Os sacos devem ser fechados com um lacre ou nó duplo para garantir um melhor isolamento do material guardado dentro.

Em caso de descumprimento da Lei, o infrator estará sujeito primeiramente a uma advertência na primeira infração e multa entre R$ 500 e R$ 5 mil a partir da segunda autuação. Segundo o texto, o valor depende do porte do empreendimento e das circunstâncias da infração. Em caso de nova reincidência, o valor da multa será aplicado em dobro. Caso algo disposto na Lei seja descumprido por instituições públicas, os dirigentes estarão sujeitos à responsabilização administrativa. O projeto que originou a Lei é de autoria dos deputados Rogério Leão e Alessandra Vieira. (Fonte: Folha de Pernambuco)

Marília Arraes afirma que questão do MDB e PSB é interna, mas deixa cutucada: “Povo já cansou de reme-reme”

3
Foto: Blog do Carlos Britto

A pré-candidata a prefeita do Recife (PE) nas eleições municipais deste ano, Marília Arraes, desconversou sobre as divergências surgidas dentro do MDB de Pernambuco no apoio aos nomes do PSB que disputarão prefeituras na Região Metropolitana. Integrante da executiva estadual emedebista, o senador Fernando Bezerra Coelho já deixou claro que não seguirá decisão do partido nem na capital do Estado, com o socialista João Campos, nem em Jaboatão dos Guararapes, onde FBC já tem compromisso político com o atual prefeito e pré-candidato à reeleição, Anderson Ferreira.

Segundo Marília, o PSB e o MDB “precisam tratar das questões deles” porque o povo já cansou do “reme-reme” em torno de candidaturas. “O que tenho feito, e já faz um tempo, é me afastar desse ‘reme-reme’ de que fulano vai apoiar sicrano, ou ‘será que Marília vai ser candidata?”, avaliou a pré-canddiata ao Programa Carlos Britto nesta sexta-feira (14), na Rural FM.

Ela disse que seu projeto majoritário para o Recife foi discutido várias vezes com o ex-presidente Lula, maior liderança petista do país, com a presidente nacional da legenda, Gleisi Hoffman e outros líderes nacionais do partido. Todos, segundo Marília, concordaram que o PT deveria ter candidatura própria no Recife e ela seria esse nome. Nem as recentes declarações contra o partido, feitas pelo presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, tiraram a petista do sério. “Estou fora disso. O que eu quero é discutir a cidade, os problemas que o Recife tem. As responsabilidades que me dão eu encaro com muita seriedade. É isso que tenho feito”, comentou.

Marília disse que os petrolinenses viram sua postura em 2018, com a possibilidade dela vir a disputar o governo do Estado (o que acabou não ocorrendo). Já nessa época Marília lembra sua preocupação era deliberar sobre os problemas de Pernambuco e onde poderia ir buscar recursos, e não bater de frente com seus próprios aliados. Ainda assim ela não deixou de criticar um dos quadros mais importantes do MDB, o senador Jarbas Vasconcelos, o qual em 2018 chegou a fazer o sinal gestual de ‘Lula Livre’, apenas para chegar ao Senado. “Ele era uma das pessoas mais anti-Lula’. Então, quando a gente trata a política só como projeto de poder, que não transforma a vida das pessoas, isso é ruim para o povo, para a democracia”, ponderou.

Diálogo

Marília revelou que, após a decisão da nacional do PT em lhe respaldar, já conversou com integrantes do partido municipal, com o presidente da executiva estadual, Doriel Barros, além de pré-candidatos a vereador e lideranças que defendiam a manutenção da aliança com o PSB, mas ainda não com o senador Humberto Costa. “Agora é bola pra frente, isso é página virada e vamos discutir o que interessa”, pontuou. Ela citou os vários problemas na capital, a exemplo do aumento de palafitas e os deslizamentos de barreiras. “Quem se indignar com isso, independente de outras questões, será bem-vindo ao meu lado”. A petista disse ainda que começará, pelos próximos dias, a expor propostas na geração de renda, saúde e educação.

Pernambuco confirma mais 1.567 casos do novo coronavírus e 27 óbitos

0
Foto: Freepick/reprodução

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) registrou, nesta sexta-feira (14), 1.567 casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19) em Pernambuco. Entre os pacientes positivados, apenas 111 são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG). Todos os outros 1.456 são leves, ou seja, que não necessitaram de internamento hospitalar e que já estavam curados ou na fase final da doença. Agora, o Estado totaliza 110.409 infectados pela Covid-19, sendo 24.627 graves e 85.782 leves.

Também foram confirmados 27 óbitos, ocorridos desde o dia 14 de maio. Do total de mortes do boletim de hoje, 7 ocorreram nos últimos três dias, sendo: nenhuma morte registrada no dia de ontem, 6 mortes em 12/08 e 1 em 11/08. Os outros 20 óbitos ocorreram entre os dias 14/05 e 10/08. Com isso, Pernambuco tem 7.111 mortes pela Covid-19. Os detalhes epidemiológicos serão repassados ao longo do dia pela SES.