Paulo Câmara dispensa Forças Armadas para Pernambuco

O governador Paulo Câmara (PSB) descartou durante coletiva de imprensa, na noite desta terça-feira (21) no Palácio do Campo das Princesas, o envio das Forças Armadas para Pernambuco, no intuito de ajudar a combater a violência que tem assustado a população nos últimos dias. De acordo com o governador, as polícias do Estado já estão empenhadas em prender os bandidos.

“Não há necessidade (das Forças Armadas). As polícias estão cumprindo o seu papel. Não vamos nos omitir. Sempre que precisar vamos convocar também as forças federais. Mas, nesse caso, agimos, evitamos um dano maior, nossa polícia respondeu com muita determinação, muita coragem e a gente sabe que tem uma nova etapa de prender essas pessoas”, afirmou Paulo Câmara, citando o assalto cinematográfico a uma empresa de valores da zona oeste do Recife, na última segunda-feira (20), que o fez interromper sua agenda em São paulo..

O governador cobrou o envolvimento dos entes federativos no combate a esses grupos e ao tráfico de armas. “Já tinha visto isso em outros Estados. São marginais muito bem armados, com armas de controle exclusivo, que não são encontradas no Brasil. Temos que atuar de forma federativa e evitar a entrada de tantas armas no País. Do cunho que a gente viu hoje, fuzis e armas que podem derrubar, inclusive, helicóptero, pelo que me passou a polícia”, afirmou Paulo.

O socialista também condenou a atuação da bancada da oposição na Assembleia Legislativa, afirmando, inclusive, que alguns integrantes incitaram uma greve em dezembro. Nesta terça-feira (21), a bancada protocolou um documento em que defende que o Governo peça o envio da Força Nacional. “A oposição tem provocado, de alguma maneira, fatos que não são bons para a segurança pública”, frisou Câmara. O governador acrescentou que o esquema de policiamento no Carnaval sofreu um incremento de pessoal de 12% e que a população não deve se preocupar.

“Vamos ter a presença da polícia. Vamos garantir a paz”, registrou o governador. (Com informações do Portal da Folhape)

Petrolina será pioneira em implantar programa federal voltado a gestantes e crianças do Bolsa Família

Em suas andanças pela Esplanada dos Ministérios no dia de ontem (21), o senador Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE) obteve a garantia do ministro Osmar Terra (Desenvolvimento Social e Agrário) de que Petrolina será um dos três municípios pioneiros no desenvolvimento do Programa ‘Criança Feliz’. As outras duas cidades-piloto serão Pelotas (RS) e Arapiraca (AL). Coordenada pela Pasta de Osmar, a iniciativa tem o objetivo de promover o desenvolvimento integral dos brasileiros durante a primeira infância.

O programa – que será desenvolvido por adesão dos municípios – priorizará gestantes e crianças de até três anos, beneficiárias do Bolsa Família, e crianças de até seis anos e as famílias delas, assistidas pelo Benefício de Prestação Continuada (BPC). O comitê gestor do Criança Feliz é formado também pelos Ministérios da Justiça, da Educação, da Saúde e da Cultura. (foto: Assessoria/divulgação)

Esgoto estoura diariamente em rua de escritório da Compesa

Um esgoto estourado diariamente na Rua da Simpatia, em pleno Centro de Petrolina, virou um tormento para moradores da área. Eles dizem que o problema persiste há pelo menos três meses. Detalhe: p escritório da Compesa local, responsável pelo setor, fica localizado na mesma rua. (mais…)

Impasse entre trabalhadores da fruticultura irrigada e classe patronal leva a continuidade do estado de greve no Vale do São Francisco

O presidente do Sindicato das Trabalhadores Assalariados Rurais de Petrolina (STR), Francisco Pascoal (Chicou/foto), afirmou que a classe continua em estado de greve. Ele lamenta a medida tomada pelos trabalhadores da fruticultura irrigada, mas o impasse com a classe patronal em avanços conquistados em outras convenções coletivas unificadas, e debatidas na negociação atual, levou as entidades representativas da classe a deliberar pelo estado de greve.

“Estamos encontrando resistências em avanços importantes e necessários para os trabalhadores e trabalhadoras das fazendas e empresas produtoras da maior riqueza de nossa região, que é a fruticultura. Começamos a dialogar no final do ano passado, apresentamos nossa pauta de reivindicação e os patrões optaram por endurecer e retroceder em avanços já conquistados. Assim a opção foi pelo estado de greve. Frisamos que continuamos abertos a um entendimento com a classe patronal, para o bem de nossa produção e de quem faz essa riqueza acontecer, que são nossos companheiros e companheiras trabalhadoras e trabalhadores do campo”, salientou Chicou.

Cavalos continuam incomodando moradores do Bairro Pedra Linda

Moradores do Bairro Pedra Linda cobram da Vigilância Sanitária de Petrolina a retirada de cavalos que viraram um incomodo para a vizinhança. A reclamação foi inclusive postada há alguns dias neste Blog. Conforme os moradores, a Vigilância Sanitária teria dado um prazo de dez dias para providenciar a remoção dos animais, mas até agora nada foi feito.

A comunidade ressalta que tinha entrado em contato com o setor, mas não houve resposta. Para completar, o mau cheiro tem aumentado na área, principalmente após as chuvas desse início de semana. Haja bronca.

Prefeitura de Petrolina e Sindsemp terão novo encontro sobre campanha salarial dos servidores no próximo dia 8 de março

Representantes da prefeitura e do Sindicato dos Servidores Municipais de Petrolina (Sindsemp) deverão ter um novo encontro, no próximo dia 8 de março, sobre a campanha salarial da categoria. Na oportunidade a administração municipal deverá apresentar sua contraproposta à pauta de reivindicações da categoria. (mais…)

Vereadores de Juazeiro definem blocos parlamentares na Casa

 

Na sessão ordinária da Câmara Municipal de Juazeiro (BA) desta terça-feira, 21, foram conhecidos os blocos partidários na Casa. O líder do governo é o vereador Gleidson Medrado (PSD) com o aval do prefeito Paulo Bomfim (PC do B). A bancada de apoio ao prefeito é formada por 16 parlamentares dos 21 eleitos para a atual legislatura.

Os blocos parlamentares foram anunciados após os discursos dos vereadores. Integram o bloco PC do B/PSL os vereadores Anastácio, líder do grupo; Aguinaldo Meira, vice-líder, Hélio, Reinaldo Sabino e o presidente da Casa Aprígio Duarte, vereador Alex Tanuri (PSL).

O outro bloco no Legislativo juazeirense é composto pelas siglas PT/PTB/PDT e PMDB que têm os vereadores Tiano, líder do bloco; Charles Leal, vice-líder; Jean Gomes, Joseilson Marcelino e Valdeci Alves (Neguinha da Santa Casa.

No bloco PSD/PSDB, ficaram os vereadores Amadeus, líder; Bené Marques, vice-líder do bloco; Gleidson Medrado, Roninho e Professor Nilson. E por fim o bloco PTC/PR/PRTB e PRB, com os vereadores Bertinho de Carnaíba, líder; Fabinho, vice-líder, Tia Célia, Anibal, Dr.Allan e Domingão da Aliança.

Alerta: Poste atingido em acidente na Avenida Guararapes continua do mesmo jeito

Um poste inclinado na Avenida Guararapes, esquina com o Colégio Maria Auxiliadora, continua deixando apreensivos os pedestres que transitam pelas imediações. (mais…)

Após mais de 11 horas de sabatina, Alexandre Moraes é aprovado para vaga no STF

Após mais de 11 horas de sabatina, com perguntas de 40 senadores, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado aprovou há pouco, por 19 votos a favor e 7 contrários, a indicação de Alexandre de Moraes, 48 anos, para ocupar vaga no Supremo Tribunal Federal (STF). A indicação ainda precisa ser votada pelo plenário da Casa, em sessão marcada para amanhã (22).

Indicado pelo presidente Michel Temer para o lugar do ministro Teori Zavaski, morto na queda de um avião em janeiro, Moraes falou sobre o chamado ativismo judicial, que é quando o Judiciário se antecipa ao Poder Legislativo e regulamenta temas que não foi abordado pelo Congresso, como casamento gay e mudanças no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Questionado sobre aborto, o indicado preferiu não emitir opinião, porque disse que poderá ser chamado a se manifestar sobre isso em ação corrente no Supremo, o que significaria antecipação de voto.

A sabatina começou por volta das 10h com diversas questões de ordem da oposição pedindo o adiamento da reunião. O presidente do colegiado, senador Edison Lobão (PMDB-MA), negou todas. Ministro licenciado da Justiça, Moraes chegou ao Senado acompanhado da esposa e negou que tenha advogado para uma organização criminosa de São Paulo.

Moraes negou também que tenha plagiado sua tese de pós-doutorado de um jurista espanhol e prometeu declarar-se impedido em ações que envolvam o escritório de advocacia da mulher. Sobre sua atuação na Corte Máxima do país, disse que “será independente” e que não considera sua indicação ao Supremo um “agradecimento político”.

Sobre o uso de prisões preventivas, Alexandre de Moraes defendeu que as prisões nesses casos devem durar “tempo proporcional” ao crime que a pessoa é acusada. Ele evitou tomar posição sobre o foro privilegiado, mas disse que o mecanismo traz problemas operacionais para a Justiça.

Ministério Público

O ministro licenciado da Justiça defendeu ainda a regulamentação do poder de investigação do Ministério Público e a mudança da Lei Orgânica Nacional da Magistratura para possibilitar penas mais severas a juízes condenados por atos ilícitos. A senadora Gleisi Hoffmann se declarou impedida de votar por ser ré na Operação Lava Jato, que tramita no STF. A intenção, segundo a senadora, era que outros parlamentares investigados também se abstivessem, o que não ocorreu. Para ter a nomeação aprovada, Alexandre de Moraes precisa ter, no mínimo, os votos favoráveis de 41 dos 81 senadores no plenário do Senado, em votação que deve ocorrer amanhã em sessão extraordinária convocada para as 11h desta quarta-feira. (fonte: Agência do Brasil)

Vereador Elismar Gonçalves diz que fez pacto com prefeito Miguel Coelho por Petrolina

O lado em que o vereador Elismar Gonçalves (PMDB) irá ficar na Câmara de Vereadores de Petrolina ainda é uma incógnita. Escorregadio em responder aos questionamentos sobre o tema, o ex-líder no Legislativo Municipal do ex-prefeito Julio Lóssio frisa que fez um pacto com Petrolina e reforçou esse compromisso junto com o prefeito Miguel Coelho (PSB).

“Tenho frisado em minhas declarações que quero o melhor para Petrolina. Conversei com o prefeito Miguel Coelho sobre esse pacto e é assim que irei trabalhar.  A questão política a gente deixa mais pra frente”, desconversou o peemedebista que anda quieto quando está nas reuniões plenárias e tem se ausentado também das sessões, aumentando o mistério de seu rumo politico.

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br