Uauá finaliza preparativos para 8ª edição do Festival do Umbu que traz cerveja artesanal como destaque

1

Produtos da linha GraveteiroA cidade de Uauá, no norte da Bahia, vive os últimos preparativos para a 8ª edição do Festival do Umbu, que acontecerá nesta sexta (29) e sábado (30).O evento, que é aberto ao público, é realizado pela Cooperativa Agropecuária Familiar de Canudos Uauá e Curaçá (Coopercuc) e tem como objetivo dar visibilidade as iniciativas da agricultura familiar.

A produção com base no umbu cresceu e se diversificou. Atualmente são 14 produtos no mercado nacional e no exterior – como Itália, França e Áustria. Doces cremosos, de corte, light, sucos, geleias, compotas e polpas compõem a linha Gravetero. Segundo os organizadores, no próximo fim de semana, mais uma novidade será apresentada e saboreada pelos participantes do evento: a cerveja artesanal de umbu, com receita e ingredientes da Coopercuc e produção terceirizada em Santa Catarina, na cervejaria da Cooperativa Agropecuária de Produção e Comercialização Vida Natural (Coopernatural).

O jovem técnico em agroindústria e filho de cooperada, Emanuel Messias Almeida, natural de Uauá, participou de todo processo de criação da cerveja de umbu. Foram quase dois anos de testes até chegar ao produto final. “Eu participei de um curso de aperfeiçoamento de cerveja artesanal em Blumenau , lá conheci o universo da cervejaria e pude contribuir para melhorar a receita da Coopercuc. O tempo de fermentação e maturação leva 25 dias e asseguro que as pessoas que degustarem a cerveja artesanal de umbu, sentirem seu sabor e aroma, irão imaginar ou pensar em um pé de umbuzeiro“, revelou.

Esta edição do Festival tem como tema o “Ano Internacional das Leguminosas”, trabalhado pela Organização das Nações Unidas (ONU) e Organização para a Alimentação e Agricultura das Nações Unidas (FAO), em todo o mundo. A programação oficial, na praça principal de Uauá, contará com Feira de Economia Solidária e Agricultura Familiar e a presença de expositores da Bahia e também do Sul e Centro-Oeste do país. Serão mais de 40 estandes com doces, geleias, compotas, biscoitos, cachaças, cerveja, artesanato e cosméticos produzidos com matéria-prima da caatinga, como o umbu, maracujá, maracujá da caatinga, mandacaru, entre outros.

Também haverá apresentações culturais, como concurso de aboiadores, cordel da juventude, contadores de ‘causos’ do sertão e shows musicais com Canindé, Nilton Freitas e Gogó ( Roberto Malvezzi), Renan Mendes, Cláudio Barris e Roberto Dantas. A expectativa da organização é reunir cerca de 40 mil pessoas no festival.  As informações são da assessoria. (foto/divulgação)

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

12 − 5 =