Professores municipais de Uauá deflagram greve por tempo indeterminado

0

professores uauáOs professores da rede municipal da cidade de Uauá (BA) deflagraram greve por tempo indeterminado. A decisão foi tomada na última quarta-feira (30/4), em assembleia realizada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia (APLB).

O governo municipal propôs um reajuste de 3,32%, mas a categoria reivindica os 8,32%, anunciados pelo Ministério da Educação (MEC) no início do ano.

“Nós passamos três meses e 15 dias dialogando com o governo, tentando da melhor maneira possível ratificar o reajuste. Porém, só nós últimos quinze dias, recebemos uma proposta com o reajuste de 3,32%. Decidimos então não aceitar e continuar lutando por nosso direito, o reajuste do piso salarial”, declarou o coordenador da APLB Uauá, Francisco Prolepses. (Foto: divulgação)

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome