APLB repudia atitude de Wilker Torres e presidente da Câmara de Casa Nova

por Carlos Britto // 29 de agosto de 2022 às 08:50

Foto: arquivo/reprodução

A APLB Sindicato em Juazeiro (BA) repudiou publicamente a atitude do prefeito de Casa Nova (BA), Wilker Torres, e do presidente da Câmara de Vereadores local, Vinícius Patrik Teles, contra a diretora da entidade em Casa Nova, Maria do Carmo da Rocha Braga. De acordo com a APLB, a “agressão verbal teve como objetivo diminuir e fazer pouco caso do trabalho desenvolvido pela direção da entidade, junto aos trabalhadores em educação do município”.

 O fato, denunciado por Maria do Carmo à imprensa local, foi registrado durante a inauguração da Escola Cícero Veríssimo na localidade de Serrote, quando Patrick Teles teria feito uso dos microfones classificando a APLB de Casa Nova de “sindicatozinho”. De acordo com a nota enviada por Maria do Carmo, a atitude do vereador já é recorrente e tem deixado a direção do sindicato atenta diante das provocações.

Para o diretor da APLB Sindicato em Juazeiro, Gilmar Nery, é inadmissível que tanto prefeito quanto presidente da Câmara façam uso de atitudes que destoam dos cargos públicos ocupados para atingir o trabalho de uma entidade séria, com mais de 70 anos de existência e mais de 90 mil associados, em Casa Nova. “Durante todo esse tempo a APLB desenvolve trabalho na luta pelos direitos dos trabalhadores em educação de forma série e ilibada, e deve ser tratada com educação e respeito”, destacou. O Blog reserva espaço a Wilker Torres e Vinícius Patrick sobre o fato.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.