Seriedade do Chapéu de Palha é questionada por petrolinense

5

Programa-Chapeu-de-PalhaDepois do desperdício de mais de 300 pães encontrados no escritório do Chapéu de Palha, no bairro Loteamento Recife, em Petrolina, na manhã de ontem (30), a seriedade do Programa do Governo do Estado passa a ser questionada pelos pernambucanos.

De acordo com a petrolinense Andréa Maciel, o Chapéu de Palha é desorganizado e a seleção que o Programa fez enganou alguns professores.

“O Chapéu de Palha é mesmo uma farsa, além de desperdiçar pão, engana o povo. Uma professora participou de um seletivo da prefeitura e foi aprovada, ligaram para ela informando que ela ia trabalhar como coordenadora, depois ligaram de novo dizendo que foi engano, e o nome dela não estaria na lista. Depois ligaram outra vez dizendo que havia tido outro engano e informaram então o endereço da escola, e qual foi a surpresa ao chegar ao endereço indicado? A escola não existe. Muitos professores passaram por isso, e até hoje ninguém fez nada”, contou.

5 COMENTÁRIOS

  1. Vije, parece coisa da secretaria de educação do município. É assim também, só entra quem os vereadores e a secretária querem. É a picaretagem eleitoral. Que Deus ilumine o caminho de todos nós.

  2. Caros leitores deste blog.

    Quero so deixar claro que este programa chapeu de palha é uma vedadeira berração. as ONGS que colocarão para trabalhar e so para arrecarda dinheiro ninguem faz nada.
    Os educadora era para ganhar mais ou menos 650,00 elas so vão pagar 540 e as recreadoras 560,00 vão ganhar 460,00 sabem que fica com tudo são as ONGS. tem umas que nem colocou transportes, mais estão recebendo para isso.

  3. Mas digam-me….
    O que o Município tem haver com esse programa???????? Nadinha genteeee, isso é um Porgrama do Governo do Estado, eleitoreiro sim mas, é.

  4. Existem muita dificuldades, mas não dá pra dizer que é uma farsa… Existem milhares de pessoas que são beneficiadas… O fato do desperdício de pães foi lamentável e pura falta de comunicação entre a aquipe local responsável e a secretaria contratante, um absurdo… Esses pães poderiam ser doados para instituições de Petrolina. O fato das ONG’s tirarem parte dos recursos destinados à alimentação, transporte, etc, é compreensível. Afinal, essas entidades precisam se manter. Elas não recebem por atividades administrativas, por exemplo, por serem entidades sem fins lucrativos… Mas quem já atuou numa ONG sabe que existem despesas com energia, pessoal, internet, transporte, telefone, etc.. Seria estranho se as entidades simplesmente administrassem os recursos de forma gratuita. O problema está quando uma entidade tira tanto dos recursos a ponto de prejudicar o caminhar das ações. E sei que isto não está acontecendo… As pessoas estão nas salas, participando, utilizando materias didáticos, lanchando, recebendo a bolsa, etc… É preciso conhecer um pouco antes de falar. É preciso também ter o mínimmo de experiência para sabe que as falhas, ainda mais num programa tão grande, sempre existem… Condenar o todo por conta de falhas isoladas ou problemas particulares é desprezível. Generalizar é muito cômodo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome