Provou do veneno

4

O aborrecimento do presidente da Comissão de Finanças da Casa Plínio Amorim, vereador Osinaldo Souza (PSB), pela derrubada do parecer ao projeto nº 091/10, enviado pelo prefeito Júlio Lóssio (PMDB) que destinaria R$ 28 milhões para investimentos e despesas com pessoal em várias secretarias, mereceu um comentário de sua colega Cristina Costa (PT).

Depois ouvir atentamente Osinaldo afirmar ter solicitado da prefeitura informações técnicas mais detalhadas do projeto e não ter obtido resposta, Cristina disse entender o que o vereador passou porque já cobrou da equipe do prefeito a mesma coisa em relação a projetos anteriores.

“Agora vossa excelência sabe o que é cobrar do Executivo e não ser atendida”, desabafou vereadora. (foto/assessoria divulgação)

4 COMENTÁRIOS

  1. Triste não é a contastação da nobre vereadora Cristina Costa, ante a angústia do edil Ozinaldo. Pior, muito pior, é saber que, mesmo sem responder aos requerimentos dos membros da Casa Plínio Amorim, os projetos do Executivo são aprovados. Maior demonstração de descaso, de ambas as partes, não poderia existir. Descaso do executivo perante ao legislativo, que não responde ao que se pede. Descaso do legislativo ante à população, que aprova os projetos do executivo, sem as devidas explicações do gestor municipal.

  2. NAO ENTENDO PORQUE OS VEREADORES CHAMAM-SE DE NOBRES E EDIS…FAÇO A PERGUNTA-NOBRE POR QUE?NA NOBREZA DE SUAS ALMAS?- NOBRES E EDIS ,so na boca desses desmiolados mesmo.. ..essa e muito boa .. hahahaha.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome