Incra entrega 64 títulos definitivos aos assentados do Sertão de Pernambuco

0
Foto: Ascom

A Superintendência do Incra em Pernambuco entregou 64 títutos definitivos de terra, no dia de ontem (17), aos trabalhadores rurais do Sertão do São Francisco. São 32 do assentamento Safra, no município de Santa Maria da Boa Vista, e 32 do Nossa Senhora de Fátima, em Petrolina. O documento transfere o imóvel rural ao beneficiário da reforma agrária em caráter definitivo, proporcionando mais segurança jurídica ao assentado.

Os títulos foram assinados pelo superintendente regional da autarquia, Thiago Brandão, que retornou à região para entregá-los pessoalmente, atendendo a uma demanda dos beneficiários. Na ocasião também foram aplicados R$ 165 mil em créditos nas modalidades Apoio Inicial, Fomento, Fomento Mulher e Semiárido, sendo 17 famílias beneficiadas no assentamento Nossa Senhora de Fátima e 16 no assentamento Bom Conselho, em Lagoa Grande. Neste último ainda houve a entrega de 13 Contratos de Concessão de Uso (CCU). 

“É sempre histórico participar destes momentos de conquista junto com os agricultores, esse título é sonhado pelos assentados desde o momento em que recebem a terra, por isso, mesmo com este cenário de pandemia que assolou o mundo estamos nos esforçando ao máximo para nos fazer presentes nos assentamentos”, ressaltou Thiago Brandão.

Para o presidente da associação do assentamento Nossa Senhora de Fátima, Augustinho de Oliveira, além de proporcionar segurança jurídica, o título representa independência para quem o adquire. “Agora sabemos que somos donos da terra e podemos negociar diretamente com o banco nossas linhas de crédito, nosso Pronaf”, disse.

Assentamentos

O assentamento Safra está localizado a margem do rio São Francisco, foi criado em 1995, com uma área de aproximadamente 3,3 mil hectares e 220 famílias assentadas, que desenvolvem fruticultura irrigada: maracujá, manga, goiaba, uva, melancia e pinha; e de subsistência: feijão, milho, jerimum e hortaliças, bem como, criação de animais de bovinos, ovinos, caprinos e galinha caipira, para consumo próprio e comercial.

O Nossa Senhora de Fátima fica na área de sequeiro, longe do rio São Francisco, ou de qualquer outra fonte de água perene, embora conte com duas barragens e seja abastecida por uma adutora. O assentamento foi criado em 2003, com uma área de cerca 3,8 mil hectares para benefício de 80 famílias, que desenvolvem atividade econômica com a criação de animais de médio e pequeno porte, turismo, artesanato, cultura de subsistência (milho, feijão, macaxeira, melancia, jerimum e hortaliças em quintais produtivos).

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome