29 C
Petrolina,PE
20 de fevereiro de 2020

Carlos Britto

54489 POSTS 65 COMENTÁRIOS

Enquanto isso…

2

nani

O transporte público de Petrolina e a inércia do poder público municipal

2

ônibus coletivoO transporte público de Petrolina continua como sempre esteve: no improviso.

A comunidade reclama, as empresas padecem e o poder público municipal finge que não é com ele. Sua única ação é segurar o aumento da tarifa, e não como preocupação do bolso do cidadão, mas com medo do ônus político. Petrolina hoje vive 100% da tarifa dos usuários, onde não se tem uma planilha tarifária definida. Os reajustes são dados via justiça.

Temos as maiores gratuidades do estado de Pernambuco, as empresas pagam o IPVA cheio, quando na capital existem incentivos e em vários estados chega a ter isenção total para o transporte coletivo.

O sistema recebeu um alento recentemente com a desoneração na alíquota do ICMS no preço do óleo diesel, mas até o momento não foram beneficiadas, pois o processo se encontra na procuradoria de apoio do Governo do Estado.

A cidade incentiva o transporte individual, quando nossas vias públicas não suportam mais motos, carros. Para carga e descarga faltam critérios, e nosso trânsito está virando um caos.

Petrolina dispõe de tecnologia de ponta (como controle de Biometria e monitoração de parte frota via GPS), mas não existem regras claras em contratos. As leis são obsoletas e uma das maiores tarifas do Nordeste. Falta uma política para mobilidade urbana e não se trata o transporte de massa como prioridade.

Apesar de termos um moderno sistema de cobrança tarifária (bilhetagem eletrônica), ainda contamos com mais de 50% dos usuários pagando em dinheiro, pois não contamos com uma política de comercialização de passagens. Estamos presos a um posto somente de recarga, embora os créditos de telefone celular se compram em qualquer estabelecimento comercial. Por que não usamos a mesma logística?

Longe de defender as empresas de ônibus que precisam se adequar e investirem mais em sua estrutura e na condição mais digna para o cidadão, Petrolina precisa parar de improvisar e olhar o transporte público com profissionalismo. Sonhos delirantes e promessas de campanha sem responsabilidade só beneficiam políticos que não querem beneficiar quem lhes paga o salário.

É isso aí!

Enquanto isso…

0

Rinaldo

Zé Batista responde Andrea Lossio sobre investimentos em Petrolina

7

Zé BatistaO vereador, José Batista da Gama (PDT) não gostou nada das declarações da primeira-dama Andrea Lossio, que fez duras críticas aos investimentos feitos pelo seu grupo político ,encabeçado pelo PSB em Petrolina.

Em carta divulgada neste Blog Blog, Andrea questionou o trabalho feito pelo grupo, principalmente com relação à cobertura de feiras livres e quadras poliesportivas. Segundo ela, as obras citadas só teriam sido possíveis somente agora, devido a recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do governo federal.

Mas, de acordo com o vereador, a possível candidata a deputada está equivocada. “Ela precisa se informar mais. Esqueceram de informar à primeira-dama que o governo do estado investiu mais de R$ 1,2 milhão numa feira do bairro João de Deus, com toda a estrutura, inclusive a cobertura. Os recursos foram todos do governo do estado, e o prefeito Julio Lossio inaugurou a obra sem ter entrado com absolutamente nada, na ‘cara dura’, mas foi o governo do Estado quem fez”, disparou.

Zé Batista falou ainda sobre as quadras e mais uma vez apresentou provas.

“Tomei o cuidado de procurar aqui mesmo nesse Blog uma publicação onde o prefeito, marido dela, assinava um convênio de mais de 11 quadras ao lado do deputado federal Fernando Filho (https://www.carlosbritto.com/lossio-eu-e-fernando-flho-poderemos-jogar-no-mesmo-time/). Uma emenda de mais de R$ 1,3 milhão  foi liberada para todos os núcleos do projeto Nilo Coelho. Tá aí a prova que a senhora pediu, Dona Andréa“, ironizou.

Primeira-dama admite interferência política no TSE sobre julgamento de Lossio, afirma Cancão

18

ronaldo cancãoO vereador, Ronaldo Luiz de Souza (PSB), líder da oposição na Câmara de Petrolina, disse a este Blog que a primeira dama Andrea Lossio (PMDB) “agrediu” o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Para Cancão, Andrea tenta macular o TSE.

Ela disse textualmente que o Tribunal recebe influência política quando admite que recebeu ajuda do senador Valdir Raupp, no episódio do julgamento da cassação do prefeito. E o que é pior, ela diz ainda que a própria presidente Dilma e o seu vice Michel Temer demonstraram solidariedade ao prefeito para fazer valer junto ao TSE que o prefeito não fosse cassado. Como assim? Quer dizer que Andrea diz que Dilma e Temer trabalharam, se envolveram para que o TSE votasse pelos interesses do seu grupo político?“, apontou o vereador.

Ronaldo diz ainda que a carta da primeira-dama pode ser o grande “tiro no pé” do grupo do prefeito.

“É claro que é um tiro no pé. A Justiça é soberana e o prefeito cometeu crime eleitoral. É culpado e não vítima como querem vender. Mas ainda assim a Justiça tem que decidir com soberania, sem interferência de poderes, muito menos da presidência. Esse é talvez o mais grave dos absurdos dessa gente e prova que acreditam que tudo podem“, finalizou.

Enquanto isso…

0

AUTO_frank

Andrea Lossio entra no jogo e deve confirmar candidatura a deputada federal

27

Andrea lossioA primeira-dama de Petrolina, Andrea Lossio (PMDB), pretende mesmo concorrer ao cargo de deputada federal nas próximas eleições. Até número de campanha ela já tem – 15 14.

Uma fonte próxima ao grupo do prefeito Julio Lossio (PMDB) informou que um adesivo já teria sido encomendado com o slogan “O sertão pede renovação”.

Como já foi dito, o grupo do prefeito não engoliu o apoio do ex-deputado  Osvaldo Coelho (DEM) às candidaturas de Paulo Câmara (PSB) e Fernando Bezerra Coelho (PSB), da Frente Popular, e a do vice-prefeito Guilherme Coelho (PSDB) não será empecilho para que Andrea se candidate.

Mas quem pensa que ela entra no jogo apenas para atrapalhar Guilherme, está muito enganado. Todo o grupo de Lossio acredita verdadeiramente na eleição de Andrea e em uma votação consagradora.

Guilherme Coelho e o sabor amargo da eleição

8

Guilherme4O vice-prefeito de Petrolina, Guilherme Coelho (PSDB) prepara-se para experimentar o lado amargo de disputar uma eleição contra o lado político do prefeito Julio Lossio (PMDB).

Isso se Guilherme já admitir que o clima, se não é guerra, já é de completa animosidade. Os secretários de Lossio ja mostraram que não se bicam com o vice e devem caminhar em outra direção nas eleições de outubro.

O fato é que Guilherme nunca impôs seu grupo, de fato e de direito, na administração municipal, ficando sempre com indicações menores na máquina administrativa, tanto é que, ao seu lado, tem apenas o fiel companheiro Ronaldo Silva (PSDB), vereador com as horas contadas se depender da vontade do grupo do prefeito.

Quem aposta contra, pode começar a comentar ou simplesmente contar as horas para que isso aconteça. É isso ai.

Enquanto isso…

0

nani2