29 C
Petrolina,PE
8 de dezembro de 2019

Carlos Britto

52451 POSTS 65 COMENTÁRIOS

Polícia realiza atividades de prevenção à violência em escolas do Sertão Central

0

prevencao-violencia-sertao-central

O Núcleo de Prevenção à Violência (Nuprev) e o 8° Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Salgueiro (PE), juntamente com as Escolas Estaduais Carlos Pena Filho e  a Escola de Referência do Ensino Médio (Erem) Professor Manoel Joaquim Leite – situada no Cedro (PE), Sertão Central -, realizaram novas atividades de prevenção à violência.

Em Salgueiro, na Escola Carlos Pena, 60 alunos dos 9° ano participaram de um bate-papo sobre as principais formas de combater, prevenir e identificar os perfis de quem pratica abuso sexual.

Já na cidade do Cedro, na Erem Manoel Joaquim, 210 estudantes participaram do Projeto “Maria vai à Escola”, que visa a levar conhecimentos sobre a Lei Maria da Penha. Em consequência da quantidade de alunos, foi necessário dividi-los em dois grandes grupos. As ações do Nuprev têm o objetivo de trazer conscientização, prevenção e de aproximação. (foto/divulgação)

Ibama de Juazeiro recebe denúncias via WhatsApp

6

ibama-juazeiroCom o objetivo de receber denúncias dos cidadãos, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), em Juazeiro (BA), está disponibilizando um novo canal de diálogo.

O denunciante poderá anexar arquivos (como fotos e documentos) que ajudem na comprovação dos fatos e localização do endereço, quando a denúncia for feita pelo aplicativo. O número é o (87) 98824-2400.

O cidadão deverá apresentar sua denúncia com dados claros e suficientes para a apuração do delito, informando qual tipo de crime. Exemplo: cativeiro de animais, desmatamento, acidente com produtos químicos, degradação de área, maus-tratos a animais, queimada, pesca predatória, entre outros. A denúncia pode ser feita de forma anônima. O Ibama de Juazeiro fica localizado na BA-210, próximo ao Corpo de Bombeiros. O telefone é o (74) 3612-5176. (foto/reprodução)

Sobrinha-neta do ex-presidente José Sarney é encontrada morta no Maranhão; cunhado da vítima é suspeito

0

mariana_costaMariana Menezes de Araújo Costa Pinto, de 33 anos, foi encontrada morta na noite desse domingo (14), em seu apartamento, no nono andar de um condomínio, na Avenida São Luís Rei de França, no Turu, em São Luís (MA). Ela é filha do ex-deputado estadual Sarney Neto e sobrinha-neta do ex-presidente da República e senador José Sarney.

A suspeita é de que a morte tenha sido por asfixia, mas o laudo pericial ainda não foi divulgado. O cunhado de Mariana, Lucas Leite Ribeiro Porto, é suspeito de praticar o crime. Ele está detido no Centro de Triagem do Complexo Penitenciário de Pedrinhas. A polícia investiga o que pode ter motivado o crime.

Manoel da Acosap já aparece publicamente ao lado de Miguel Coelho

3

manoel-da-acosap-e-miguel-coelho

Depois de confirmar com exclusividade a este Blog que fará parte da base de apoio ao prefeito eleito Miguel Coelho (PSB) na Casa Plínio Amorim, o vereador reeleito Manoel da Acosap (PTB) fez sua primeira aparição pública ao lado do socialista, que estava acompanhado também de outros aliados.

O evento aconteceu no último final de semana no Distrito de Rajada, zona rural de Petrolina, terra-natal do vereador. O fato foi registrado por Miguel Coelho em suas redes sociais.

“Grandes resultados se conseguem com um time forte e unido. Esses aqui são alguns de nossos aliados nessa caminhada que estamos iniciando. Na imagem, o superintendente da Codevasf, Aurivalter Cordeiro, parte da bancada de vereadores, lideranças e amigos. Cada dia estamos mais afinados por uma Petrolina forte”, escreveu Miguel.

Entrega de boletos do Garantia Safra em Juazeiro serão entregues nesta quinta-feira

0

A entrega dos boletos para o pagamento do Programa Garantia Safra em Juazeiro (BA) serão entregues nesta quinta-feira (17), no gabinete do prefeito Isaac Carvalho, no Paço Municipal, área central da cidade. Os boletos referentes ao benefício no ano 2016-2017 devem ser recolhidos pelos agricultores beneficiados até o próximo dia 25 de novembro (prazo final para o pagamento dos mesmos), nas associações dos seus distritos e comunidades.

O não pagamento dos boletos resulta no prejuízo total, caso haja a perda da safra. Vale destacar que as condicionantes para os produtores participarem do programa são: renda bruta familiar mensal de até um salário mínimo e meio, excluindo a aposentadoria rural; plantio em áreas não irrigadas; plantio em áreas entre 0,6 e 10 hectares; plantação de algodão, arroz, feijão, mandioca e/ou milho, e adesão ao Garantia Safra antes do plantio.

Em entrevista à Folha de PE, Fernando Filho descarta privatização da Chesf

4

fernando filho

O ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, conversou com a Folha de Pernambuco sobre os principais temas que atingem o setor elétrico nacional. A crítica situação das contas da Eletrobras, a aposta do Governo Federal em fontes renováveis e a delicada situação hídrica de Sobradinho, principal reservatório para geração de energia do Nordeste, foram alguns dos destaques.

Seis meses depois de tomar posse, escolhido pelo presidente da República Michel Temer, Fernando Filho tem como maiores desafios a transparência junto aos agentes do setor energético-mineral e a redução dos subsídios para evitar que distorções ocorram na conta de luz do consumidor. Agora, as atenções estão voltadas para as chuvas na bacia do rio São Francisco e para a volta da bandeira verde, que deve acontecer nos próximos meses.

Folha – O senhor tem dito que a situação da Eletrobras e, consequentemente, das suas subsidiárias está insustentável. Sob o argumento de minimizar os impactos nas contas das empresas, abriu-se caminho para a privatização de algumas distribuidoras do Norte e Nordeste. Qual a solução para a Chesf?

Fernando Filho – Não tem saída para uma só empresa, tem saída para o grupo Eletrobras como um todo. As distribuidoras vão ser privatizadas (duas do Nordeste e quatro do Norte) porque são mal geridas nas mãos da Eletrobras. Visitamos recentemente uma distribuidora privada no Nordeste, cujo índice de perda (financeira) está em 12%, aproximadamente. Uma distribuidora do Norte nas mãos da Eletrobras tem 98% de perda. Não dá para competir num mundo como esse. É ruim para a Eletrobras e uma covardia com a população que não tem serviço de qualidade. Por isso, tomamos a decisão de vender as distribuidoras. Evidentemente que estamos acompanhando as dificuldades da holding e, consequentemente, da Chesf, que tem cem obras e apenas dez estão em andamento. Como vamos resolver isso? Cortando custos e despesas, e isso já vem sendo feito. Além disso, outras medidas serão anunciadas durante o Plano Estratégico da Eletrobras para os próximos anos. E se, mais alguma medida precisar ser tomada ao longo desse tempo, o conselho vai fazer. Privatização da Eletrobras? Da Chesf? De Furnas? Não sei de onde tiraram essa ideia. O que existe é a venda de alguns ativos para fazer frente às obrigações das empresas.

Folha – Algumas mudanças foram feitas no Ministério de Minas e Energia pelo novo governo, a começar pela sua nomeação. Mais alguma a ser feita?

Fernando Filho – Sempre pode ter mudança no processo de formatação da equipe (Furnas, Chesf). Mas o que posso garantir é que, se não foi feito antes, é porque quem está à frente das posições tem qualificação técnica independentemente do governo. Agora, de que não vai ter mais mudança, não posso assumir esse compromisso. A expectativa é que a gente possa ter gente ao nosso lado dando conta do desafio que demanda o setor elétrico.

Folha – O que o senhor pensa a respeito das fontes renováveis? Qual a participação de Pernambuco nesse mercado e de que forma pretende ajudar o Estado a despontar nas fontes alternativas de energia?

Fernando Filho – Temos uma vocação inquestionável. O Brasil é signatário do acordo de Paris, se comprometendo em aumentar as fontes renováveis para além da hidrelétrica. Vamos continuar comprando energias solar e eólica, porque temos potencial comprovado. Com Pernambuco não é diferente. Novas fronteiras de ventos estão sendo estudadas no limite com a Paraíba, na Serra do Araripe e na divisa com a Bahia e Alagoas. Ou seja, tudo se configura para sermos vencedores em grandes projetos.

Folha – O Nordeste caminha para o sexto ano consecutivo de seca, tendo, no ano passado, Sobradinho enfrentado um dos seus piores cenários hídricos, chegando a 1% da sua capacidade total. Este ano, a mesma coisa. Se não chover, quais medidas emergenciais serão tomadas?

Fernando Filho – As medidas para evitar o colapso estão sendo tomadas, porque o reservatório está numa situação muito crítica. Estamos abaixo de 20% e a expectativa é chegar ao fim do ano próximo a zero. O que posso dizer é que, independentemente de quanto de chuva vai cair, não teremos desabastecimento de energia. A redução de Sobradinho foi autorizada pelo Ibama e ANA, e a Chesf está providenciando isso. Nós temos energia suficiente para suprir a geração que Sobradinho poderia gerar. O que na verdade sempre pesa é o custo dessa geração (térmicas a diesel). No entanto, risco de apagão não existe.

Associação de moradores do Bairro Maria Auxiliadora começa a se mobilizar para eleição

0

igreja-mariaauxiliadoraNo Bairro Maria Auxiliadora, zona leste de Petrolina, a atual diretoria da associação de moradores começa a se mobilizar com vistas à próxima eleição que escolherá os novos representantes da entidade. Nesta segunda-feira (14), uma assembleia, marcada para as 19h no espaço de eventos da igreja católica, deverá dar mais detalhes à comunidade sobre o processo eleitoral, incluindo as datas de entrega das chapas que disputarão o pleito.

A reunião deve contar com a presença do líder comunitário Pedro Caldas, da Central Única de Bairros de Petrolina (Cubape). A entidade será a responsável por todo o processo eleitoral no Maria Auxiliadora. (foto/reprodução)

 

Ex-fotógrafo do Jornal Gazzeta morre em acidente automobilístico próximo ao ‘Burrinho’

1

deonicioUm acidente automobilístico na tarde de ontem (13) matou o ex-fotógrafo do Jornal Gazzeta do São Francisco, Deonício Braga. A tragédia ocorreu na BR-407, próximo ao trecho conhecido como ‘Burrinho’, nas imediações do C1 do Perímetro de Irrigação Senador Nilo Coelho, zona rural de Petrolina.

O velório está acontecendo neste momento no SAF de Juazeiro (BA), Bairro Santo Antonio, área central da cidade. Ainda não há informações sobre o horário do sepultamento de Deonício. Ele deixa esposa e filhos. O Blog deixa suas condolências à família. (foto reprodução/Facebook)

Mais um assassinato é registrado na área central de Juazeiro

0

homem-morto-juazeiroA região central de Juazeiro (BA) foi palco para mais um homicídio. Desta vez, o fato aconteceu por volta das 8h45 desta segunda-feira (14), por trás da garagem de uma conhecida empresa de transporte rodoviário. A vítima foi um homem, que foi alvejado com vários tiros dentro de um carro.

Segundo as primeiras informações, o crime foi praticado por um motociclista, que teria seguido o veículo e efetuado os disparos contra a vítima. Ainda não há informações sobre o que teria motivado o crime. Já são quatro homicídios na cidade em menos de 48 horas. (foto/WhatsApp)

PSB descarta apoiar candidato ligado a Temer em 2018

1

temerApesar do discurso de que a prioridade no momento é ajudar o governo Michel Temer a tirar o País da crise, integrantes da cúpula nacional do PSB trabalham de olho no fortalecimento da legenda e descartam apoiar um nome da atual gestão na disputa à Presidência da República em 2018. “Temer já disse que não será candidato a presidente e a prioridade do PSB é fortalecer nosso projeto. O partido não tem compromisso eleitoral com Temer, tem compromisso de colaborar com a transição“, disse o secretário-geral da legenda, José Renato Casagrande.

Em relação ao atual governo, restam até mesmo críticas de falta de diálogo nas decisões na área econômica. “O Governo Temer dialogou mais com o Congresso do que com os governadores e prefeitos, neste momento inicial, o que é ruim”, disse o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, herdeiro político de Eduardo Campos, morto em acidente aéreo durante a eleição presidencial de 2014.

Os planos do partido para 2018 giram em torno de uma aliança nacional com o PSDB. A ideia tem como pano de fundo se mostrar competitivo na próxima eleição presidencial e, dessa forma, ter protagonismo tanto na disputa eleitoral como em um futuro governo federal.

O PSB planeja atrelar o apoio a uma candidatura do PSDB à Presidência à aliança com os tucanos para disputar o Governo de São Paulo. O ‘sonho de consumo’ do partido é ter o governador Geraldo Alckmin como puxador de votos para o vice-governador, Márcio França (PSB), que deverá se candidatar ao governo estadual. “Nosso projeto seguro hoje é, além de reeleger os governadores, ter São Paulo como prioridade“, afirmou o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira. “O próprio Márcio é defensor de uma relação nacional com o PSDB“, afirmou Casagrande.

O dirigente ressalta que a posição defendida por França será discutida internamente. “O Márcio tem uma boa relação com o PSDB de São Paulo e projeta nacionalmente essa boa relação. Isso será debatido internamente, primeiramente na Executiva, depois no Diretório Nacional, até chegar ao congresso do partido. Não tem nada de anormal essa posição dele“, disse Casagrande. A avaliação é compartilhada por Câmara. “Primeiro temos de discutir as nossas pautas. E, em havendo confluências de opiniões e de caminhos, é possível discutir com outros partidos“, disse.

Resistência

O senador Aécio Neves, também candidato virtual do PSDB à Presidência, encontra resistência por parte da cúpula do PSB. As relações ficaram estremecidas durante as eleições municipais. Os socialistas se ressentem de os tucanos terem lançado candidato no Recife, onde o prefeito, Geraldo Júlio (PSB), faz parte do grupo político de Campos. Outro ponto de atrito foi em Minas, onde o prefeito de Belo Horizonte, Márcio Lacerda (PSB), foi deixado de lado e rompeu com Aécio. (fonte: Estadão/foto reprodução)