‘Abraçaço’: Comunidade Acadêmica da Univasf realiza ato contra cortes do governo federal para pesquisa e pós-graduação

8

abraçaço univasfUm grupo com cerca de 100 pessoas realizou, na manhã de hoje (27), um ‘abraçaço’ no prédio de Laboratórios da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), no Campus Sede, em Petrolina.

Docentes, técnico-administrativos em educação e estudantes protestaram contra os cortes orçamentários do Governo Federal e das instituições de fomento à pesquisa e à pós-graduação.

abraçaço univasf2aSegurando cartazes e vestidos de preto, os participantes seguiram da Reitoria em direção ao prédio de Laboratórios e Colegiados Acadêmicos, onde realizaram a ação simbólica. A iniciativa partiu da Câmara de Pós-Graduação, vinculada à Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação (PRPPGI) da Univasf.

Para o pró-reitor Helinando Pequeno de Oliveira, o movimento foi positivo. “Conseguimos mobilizar muita gente para mostrar à universidade e ao Brasil que a pesquisa e a pós-graduação na Univasf são fundamentais e possuem bandeiras a serem levantadas e defendidas”, afirmou. Ele salientou, ainda, que o abraço simbólico é para reforçar o apoio à causa e à defesa de uma universidade pública de qualidade.

Doação de sangue

Os participantes cantaram o Hino Nacional e entoaram gritos em defesa da valorização da educação. Após o abraçaço, eles seguiram para o Hemope Petrolina, localizado no Centro de cidade, para realizar doação de sangue, numa ação organizada pela Seção Sindical dos Docentes da Univasf (SindUnivasf). (fotos/divulgação)

8 COMENTÁRIOS

  1. Como aluno da Univasf me sinto um objeto dependente de um governo péssimo que esse pais tem, de um pais onde a educação não importa, pequisas não interessam, as pessoas são manipuladas para acreditarem que o pais esta progredindo, aceitam parar no tempo e ter direito a um simples e vergonhoso prato de comida.

  2. Esse povo é bipolar? Numa semana o Reitor vai beijar a Presidenta e na outra semana vai protestar contra o descaso na educação. Decidam.
    Sei que a esquerda não costuma falar mal dos seus pares, mas tá feio esse jogo de não dar nome aos bois.

  3. Não concordo com esse protesto, a UNIVASF é absoluta e inteiramente de viés esquerdista, de alunos a professores doutores, propagam Karl Marx e seus discípulos a todo momento, demonstrando as “maravilhas do socialismo” e as “desgraças do capitalismo opressor” e agora reclamam de um governo socialista que eles mesmo apoiaram e apoiam em todas suas aulas? APERTE 0 13 E CONFIRMEM, FILHOS DE CHE E FIDEL…

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome