Ronaldo Silva atribui a “questões políticas e interesses particulares” resistência em mudar horário nas sessões da Casa Plínio Amorim

por Carlos Britto // 13 de maio de 2015 às 14:00

ronaldo silvaAutor de um projeto de lei propondo a mudança no horário das sessões plenárias da Casa Plínio Amorim em Petrolina para o turno da manhã, o vereador Ronaldo Silva (PSDB) lamenta que há quase um ano o projeto esteja ‘engavetado’. E ele foi mais além: “questões políticas” e “interesses particulares” prevaleceram em cima de sua proposta.

Mesmo sem o vereador citar nomes, suas críticas foram endereçadas ao colega Dr.Pérsio Antunes (PMDB), que vem resistindo à nova mudança no horário das sessões.

Ronaldo lembrou que vinha tentando levantar 13 assinaturas ao seu projeto, para que fosse colocado em votação sem o parecer das comissões. Mas até o momento só obteve 11. “As sessões à noite ficam esvaziadas. Não tem público, não tem imprensa. Só ficam quatro ou cinco vereadores e os funcionários cochilando, matando muriçocas nos cantos de parede. Então não é justo que as sessões comecem às 18h e vão até meia noite, uma hora da manha, como já aconteceu”, provocou.

Novamente sem dar nome aos bois, Ronaldo afirmou que os vereadores mais faltosos à noite são justamente aqueles que não querem a mudança das sessões para o turno matinal. Ele aproveitou para tecer críticas ao 2° vice-presidente da Mesa, Ibamar Fernandes (PRTB), que entrou com um projeto com esse mesmo intuito, mas decidiu voltar atrás. Garantiu ainda que não cederá a pressões de ninguém para fazer o mesmo. No entanto, ressaltou não vai mais forçar a barra. “Eu não vou mais me desgastar, ficar só me expondo sem ver resultado. Não vou ficar aqui arrumando inimizade com A ou B. Quem quiser assinar, que assine (o projeto). Cada um que faça o que achar melhor. Cumpram com sua responsabilidade”, finalizou.

Ronaldo Silva atribui a “questões políticas e interesses particulares” resistência em mudar horário nas sessões da Casa Plínio Amorim

  1. concordo com voce amigo nos que moramos na zona rural enos projetos
    irrigaçoes no meu caso moro no km 25 e faço parte da diretoria executiva fica
    muito dificil partipar das reunioes devido o horario. conte com ampa 17 maria
    tereza. luiz leonardo(vice precidente)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *