Professores são homenageados pela Casa Plínio Amorim com Medalha Isabel Cristina e vereadoras destacam necessidade de “reconhecimento e valorização”

0
Crédito: Jean Britto/CMP divulgação

Mais um momento memorável para a história da Casa Plínio Amorim começou a ser escrito nesta terça-feira (15), Dia do Professor. Pela primeira vez a Medalha de Honra ao Mérito Educacional Professora Isabel Cristina foi entregue aos profissionais que contribuem com a educação de Petrolina. A proposta nasceu de um projeto de Decreto Legislativo de autoria da vereadora Cristina Costa (que é professora por formação, sindicalista e atualmente relatora da Comissão de Educação do Legislativo Municipal).

A honraria é uma homenagem à ex-vereadora, ex-vice-prefeita de Petrolina e ex-deputada estadual Isabel Cristina de Oliveira, a qual também era educadora, tendo lecionado nas principais instituições de ensino da cidade e de Juazeiro (BA).

Com o plenário lotado, a Philarmonica 21 de Setembro abriu a solenidade com a execução das canções preferidas de Isabel Cristina, em homenagem aos professores. A emoção foi completada pela interpretação da assessora Carol Notaro para ‘Força Estranha’ (Caetano Veloso) e ‘Aquarela’ (Toquinho e Vinícius). Familiares de Isabel compareceram ao plenário. Na ocasião a engenheira civil Isabela Araújo Oliveira, sobrinha da ex-deputada, discursou e lembrou a trajetória de vida de Isabel.

Cada vereador poderia homenagear dois profissionais em educação (confiram a lista completa dos homenageados). Representantes das universidades públicas e privadas, escolas públicas e privadas e sindicatos da categoria participaram da sessão especial.

Foto: Blog do Carlos Britto

Reconhecimento

Presidente da Comissão de Educação da Casa, a vereadora Maria Elena disse ser preciso que esse reconhecimento seja pauta constante do Poder Legislativo. “O município tem essa grande responsabilidade, dentro da reflexão que o dia sugere que a educação tem de estar em qualquer programa de governo, seja municipal, estadual ou federal“, declarou.

A mãe de Isabel Cristina, Dona Avelina Higina, ocupou assento de honra na mesa diretora, junto com a sobrinha de Isabel Cristina, Isabela Oliveira. A vereadora Cristina Costa, afilhada política da ex-deputada e sua grande amiga pessoal, explicou que a medalha é uma dupla homenagem: ao profissional em educação e à memória de Isabel, que soube viver a labuta de tantos anos em sala de aula e na luta da militância sindical. Ela também chamou atenção para a importância de valorizar esses profissionais como eles merecem.

Nada melhor do que levar o nome Isabel Cristina, professora de alma, que sempre me pedia para não deixar a história dela morrer, uma professora está sempre viva na memória daqueles a quem ajudou a formar. Aqui mesmo na Casa Plínio Amorim estão muitos dos ex-alunos de Cristina, que contribuem com o desenvolvimento de Petrolina e mantém viva a história dela. Essa casa é parte da história dela, assim como Petrolina. Isabel Cristina é eterna“, completou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome