Petrolina passa a vacinar público de 15 anos ou mais e abrirá agendamento

por Carlos Britto // 13 de setembro de 2021 às 08:20

Foto: Ascom PMP/divulgação

Após o recebimento de nova remessa de quase 5 mil vacinas contra o novo coronavírus (Covid-19), a Prefeitura de Petrolina seguirá aplicando a primeira dose na zona urbana e rural, com uma novidade: a faixa etária vai atender ao público a partir de 15 anos.

Nesta segunda-feira (13), a plataforma estará aberta para agendamento às 14h. Vale ressaltar que para o público de 15 a 17 anos, é necessário entrar na site e se cadastrar no grupo “menores de 18 anos”. No dia agendado, é necessário comparecer ao polo acompanhado dos pais ou responsáveis.

Pessoas com comorbidades de 12 a 59 anos, gestantes e puérperas também precisam realizar o agendamento na plataforma, que continuam com o polo do Sesc exclusivo para essa imunização. Pessoas acima de 55 anos não precisam agendar: um quantitativo de vagas será disponibilizado por dia no polo do Sesc. Para os profissionais da Saúde e Educação, devido ao percentual elevado de imunizados, o agendamento será feito junto com as demais categorias.

Novos grupos prioritários

Petrolina já iniciou a imunização das lactantes, de acordo com o Plano Nacional de Imunização (PNI). Para esse público foi reservado o polo do Sesc, porém é necessário agendamento. A lactante precisa levar uma declaração de um médico ou enfermeiro, informando a condição.

Quem tem 15 anos ou mais e irá viajar ao exterior para tratamento de saúde, transferência de emprego, é pesquisador ou estudante em intercâmbio, com viagem agendada para o segundo semestre, também foi incluir nos grupos prioritários e devem realizar o agendamento na plataforma.

Documentação

Para receber a vacina, além do agendamento, as pessoas precisam portar documento oficial com foto, CPF ou cartão do SUS e comprovante de residência. No caso dos profissionais, é necessário apresentar ainda o contracheque ou declaração que comprove o vínculo empregatício. Já as pessoas com comorbidades devem levar o laudo que comprove a doença.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *