Petrolina confirma mais 64 casos positivos do novo coronavírus; número de leitos de UTI é ampliado

1
Foto: Ascom PMP/SMS divulgação

Com mais 64 casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19) em Petrolina, o boletim epidemiológico desta sexta-feira (11) da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) mostra um total de 4.749 infectados até o momento casos da covid-19. Dos diagnósticos positivos de hoje, 56 vieram dos 284 testes rápidos realizados pela prefeitura e 8 por exames laboratoriais.

Dos testes, 30 são pessoas do sexo feminino, com idades entre 3 e 74 anos, e 26 do sexo masculino, entre 4 e 65 anos. Por exames laboratoriais são 5 pessoas do sexo feminino, entre 38 e 78 anos, e 3 do sexo masculino, entre 39 e 43 anos.

Do total geral de confirmados, 3.879 pessoas já estão recuperadas – um acréscimo de mais 41 curas clínicas. Esse quantitativo representa 82,1% dos casos registrados. Dos infectados, 3.914 foram por testes rápidos da prefeitura e 835 diagnosticados através de exames laboratoriais.

O município registrou mais um óbito por Covid-19, totalizando 87. Trata-se de uma idosa, de 78 anos, com histórico de comorbidades. Ela faleceu nesta sexta, em um hospital da rede privada da cidade.

Leitos de UTI ampliados

Petrolina conta com mais 5 leitos de UTI exclusivos para o atendimento de pacientes com a Covid-19. As novas unidades de Terapia Intensiva ficam no Hospital Memorial e já estão disponíveis. Dessa forma, o município passa a contar com 61 leitos de UTI, sendo 20 abertos pela prefeitura em parceria com o Hospital Universitário (HU) e 6 no Hospital Neurocardio. Agora, a taxa de ocupação geral dos leitos nesse setor da rede pública, nesta sexta, é de 24,59%. Dos 61 leitos disponíveis, 15 estão ocupados, sendo 12 por pacientes de Petrolina e 3 por aqueles de outras cidades da região. Os dados completos podem ser acessados pelo link.

1 COMENTÁRIO

  1. A coisa só aumentando… Vamos ter problemas no futuro proximo… Aguardem pra ver.
    Eu queria um outro indice… Mas a coisa está caminhando pra um quadro sério.
    O povo pensa que com abertura de bares e restaurantes é a cura do virus… a coisa vai pegar… Vc passa na Orla e ver os bares lotados e nos quatro quantos da cidade a mesma coisa…. A Sec.de Saúde tem que rever os protocolos sanitários.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome