PCPE responde Lucinha Mota e diz ter “plena confiança” que o Caso Beatriz será elucidado

5
Beatriz Angélica foi brutalmente assassinada aos sete anos de idade. (Foto: Reprodução/Facebook)

Por meio de nota, a Polícia Civil de Pernambuco (PCPE) disse que “tem plena confiança que o Caso Beatriz será elucidado“. A nota é uma resposta à mãe da garota, Lucinha Mota, que afirmou que o governador Paulo Câmara “não está investindo” na polícia. A PCPE voltou a afirmar que a delegada Polyana Neri tem “estrutura necessária” para realizar seu trabalho investigativo.

Acompanhe a nota, na íntegra:

A Polícia Civil de Pernambuco entende a emoção e dor dos familiares da menina Beatriz Mota e reitera o compromisso de todas as forças de segurança do Estado, conforme afirmação do governador, para a elucidação do caso.

O inquérito hoje conta com 19 volumes e mais de 4 mil páginas com diligências sobre essa caso que desafia pela sua complexidade a PCPE, corporação que possui hoje uma das melhores taxas de resolução de homicídios do Brasil, que é 6,7 vezes maior que a média nacional.

Foi designada a delegada Polyana Neri para tratar exclusivamente do caso com equipe de policiais e estrutura necessária, além de contar com o apoio do Ministério Público e da Diretoria de Inteligência da PCPE. Ao longo do caso, avanços foram obtidos como a divulgação da imagem do suspeito. Essa imagem foi resultado do trabalho de peritos do Instituto de Criminalística (IC) para que a tornassem o mais clara possível, possibilitando a visualização das características do homem.

Não é possível fornecer mais detalhes sobre a investigação porque o trabalho corre sob segredo de justiça.

Apesar dos desafios, a PCPE tem plena confiança que o caso será elucidado, trazendo justiça e paz para os familiares e amigos de Beatriz Mota.

Ascom/PCPE

5 COMENTÁRIOS

  1. kkkkkkkkkkkkkkk quase 4 anos depois, com vários erros grotescos, como a historinha para boi dormir das imagens apagadas das câmeras! Policiazinha incompetente, está no mesmo nível do resto das polícias da república bananeira! Fosse eu da família vendia o que pudesse ou pegava um empréstimo e contratava um detetive particular, se depender da polícia o caso vai ser arquivado e o (s) assassino (s) só vão ser condenados pela justiça divina.

  2. Depois de 4 anos do acontecimento não é fácil elucidar um crime desse , mesmo porque onde ele aconteceu é um Estabelecimento de Ensino de grande Credibilidade na Cidade , há enormes interesses envolvidos para que o crime não seja esclarecido porque ele aconteceu em uma Escola de grande Prestígio , é aguardar para ver o que acontecerá .

  3. Depois de 4 anos do acontecimento não é fácil elucidar um crime desse , mesmo porque onde ele aconteceu é um Estabelecimento de Ensino de grande Credibilidade na Cidade , há enormes interesses envolvidos para que o crime não seja esclarecido porque ele aconteceu em uma Escola de grande Prestígio , é aguardar para ver o que acontecerá .

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome