Operação Lei Seca completa uma década de atuação em Pernambuco

por Carlos Britto // 03 de dezembro de 2021 às 13:00

Foto: divulgação

A Operação Lei Seca (OLS) em Pernambuco completa, neste mês, uma década de atuação junto aos motoristas pernambucanos sob a coordenação da Secretaria Estadual de Saúde (SES) em parceria com o Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE) e a Polícia Militar de Pernambuco (PMPE).

Nesse período a OLS abordou 3.243.128 motoristas e as infrações por alcoolemia correspondem a 1,8% do total das checagens realizadas no Estado, totalizando nesse período 58.269 autuações. Nestes casos, as infrações somam os motoristas que se recusaram a realizar o teste do etilômetro; os condutores que fizeram o teste sendo constatado algum índice de álcool consumido pelo motorista; e ainda os crimes de trânsito por embriaguez ao volante, quando a concentração de álcool é superior a 0,33, ou, igual ou superior a 0,34 miligramas de álcool por litro de ar alveolar, conforme define o Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Das 58.269 autuações por alcoolemia, 77% delas ocorreram por recusas ao teste do etilômetro, o que corresponde a 45.047 condutores. Outros, 11.179 motoristas foram autuados por constatação e 2.043 por crime de embriaguez, que representam 3,5% em relação às infrações. Nos dez anos, 59.811 motoristas tiveram sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH) recolhida.

Com foco na prevenção e no enfrentamento aos acidentes de transporte terrestre, trazendo a educação e a orientação aos condutores como um eixo principal – com a atuação das equipes educativas – além da fiscalização diária e permanente realizada por nove equipes em todo o Estado, a OLS preparou uma programação especial para comemorar os dez anos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *