Morre um dos funcionários mais antigos da 6ª SR Codevasf

4

Morreu, na tarde de ontem (20), Stélio Guedes Guerra, de 79 anos. Ele era um dos funcionários mais antigos da 6ª Superintendência Regional (SR) da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), em Juazeiro (BA). A assessoria do órgão federal não informou as causas da morte, mas emitiu uma nota de pesar, destacando parte do legado deixado por Stélio.

Acompanhem:

A superintendência regional da Codevasf em Juazeiro está de Luto. Faleceu ontem (20) à tarde o funcionário Stélio Guedes Guerra, um dos mais antigos do quadro da companhia.

O corpo do funcionário está sendo velado no SAF da Avenida Sete de Setembro, em Petrolina, e o enterro está marcado para as 16 horas no Cemitério Central da cidade.

Stélio nasceu em 27 de maio de 1938. Era o mais velho dos sete filhos do pernambucano Manoel Stela Gonçalves Guerra com a paraibana Aline Guedes Guerra. Casado com a boavistana Zenilda Bernardes Guerra, ele formou-se Técnico em Agricultura em 1959 na Escola João Coimbra, localizada na cidade de Barreiros, na Zona da Mata Sul de Pernambuco, e graduou-se em Administração de Empresas em 1984.

Desde 15/06/1968 Stélio era empregado direto da Companhia. Mas entre 1962 e 1968, quando a empresa ainda se chamava Comissão do Vale do São Francisco (CVSF), ele já prestava serviços à instituição, contratado indiretamente.

Stélio participou da implantação dos projetos Bebedouro e Maniçoba, respectivamente nos municípios de Petrolina (PE) e Juazeiro (BA). Atuou durante anos na Unidade de Administração Fundiária da superintendência da Codevasf em Juazeiro e, nos últimos anos, trabalhava no Setor Financeiro.

Seu nome foi colocado simbolicamente no acervo da Biblioteca Geraldo Rocha, mantida pela Codevasf em Juazeiro, que possui um catálogo de aproximadamente 80 mil itens composto por livros, periódicos, teses, dissertações, folhetos, vídeos e CDs, além de documentos históricos sobre a atuação da Codevasf e das instituições que a antecederam.

Perto de completar 80 anos, sempre de bom humor, e muito querido por todos os colegas, Stélio Guerra costumava dizer: “faço parte dessa empresa com muito orgulho. É e sempre será a minha casa profissional. É a maior instituição da administração pública federal, não devendo nada a qualquer órgão do país”.

Ascom/ 6ª SR Codevasf

(foto/divulgação)

4 COMENTÁRIOS

  1. Simplesmente uma pessoa maravilhosa, sempre alegre, atencioso, um profissional exemplar, um dos grandes amigos de painho, com certeza Deus reservou um bom lugar pra ele, vá com Deus meu tb grande amigo Stélio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

19 + um =