Igreja Católica emite nota oficial sobre aborto após forte repercussão de menina estuprada pelo tio

3
Foto: reprodução

Os bispos do Conselho Episcopal Regional Nordeste 2 da Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) emitiram ontem (19) uma nota oficial convidando seus fiéis a fazerem uma reflexão sobre o aborto – prática condenada pela Igreja Católica. O assunto voltou à berlinda após o caso da menina de 10 anos, que ficou grávida após ter sido estuprada desde os seis pelo próprio tio.

O documento deverá ser lido em todas as igrejas dos Estados de Alagoas, da Paraíba, de Pernambuco e do Rio Grande do Norte, no final da celebração da Eucaristia, neste domingo (23). A íntegra do documento pode ser acessada no link disponibilizado pelo Blog.

3 COMENTÁRIOS

  1. Igreja não é tribunal, que ela excomungue aqueles que praticarem aborto mesmo em casos extremos, é um direito dela como uma comunidade, porém na esfera jurídica o aborto em caso de estupro deve continuar não sendo crime, pois a mulher violentada tem direito sim de não continuar com a gravidez indesejada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome