FBC não descarta aproximação política com seu primo Guilherme Coelho

2

Fernando Bezerra1Guilherme2 (1)O senador Fernando Bezerra Coelho (PSB) disse a este Blog que a aproximação com seu primo e vice-prefeito de Petrolina, Guilherme Coelho, nunca esteve descartada.

Perguntado se após a morte do ex-deputado Osvaldo Coelho, pai de Guilherme e tio de FBC, essa aproximação poderia se consolidar – uma vez que Osvaldo seria o empecilho -, o senador declarou que sempre teve uma relação “civilizada e amistosa”.

Ele admitiu que num futuro bem próximo poderá, sim, caminhar ao lado de Guilherme. Mas deixou claro que isso não é assunto para o momento, e sim de “trabalhar muito para ajudar Petrolina”.

2 COMENTÁRIOS

  1. As coisas em Pernambuco vêm sendo resolvidas com a morte de alguém. A vitória de FBC ao senado foi fruto da comoção causada pela morte de Eduardo Campos. Sem a morte de Eduardo, Fernando estaria sem mandato. Como o próprio texto relata que Osvaldo era o empecilho da aproximação de ambos (Fernando e Guilherme), a morte de um homem (um guerreiro) possivelmente os reconciliarão, reconciliação essa pautada em interesses políticos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome