Com acumulado de chuvas no Sertão e Zona da Mata, áreas sem estiagem em PE sobem de 41,28% para 56,62%

0
Foto-montagem: MS/divulgação

A mais recente atualização do Monitor de Secas aponta que em Pernambuco, devido às chuvas do último mês, as áreas sem estiagem subiram de 41,28% para 56,62% entre maio e junho. A intensidade do fenômeno também diminuiu com o fim das áreas com seca moderada. Esta é a melhor situação do Estado, desde o início do Monitor (em julho de 2014).

No território pernambucano os acumulados de chuvas em junho oscilaram entre valores abaixo de 30 mm (em grande parte do Sertão) a pouco mais de 400 mm (na Zona da Mata). Com isso, houve uma redução da intensidade da seca no setor norte do Agreste (de moderada para fraca), assim como a diminuição da área com seca fraca no Agreste e litoral pernambucano. Desta maneira, ainda há presença de seca fraca apenas em parte do centro-sul e nordeste do Estado, com impactos de longo prazo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome