Apagada pichação com ameaça de morte a radialista de Juazeiro

0
Pichações com ameaças foram feitas na parede do pontilhão. (Foto: Duda Oliveira/Blog do Carlos Britto)

O pontilhão no Centro de Juazeiro (BA), onde foi feita uma pichação com ameaça de morte ao radialista Waltermário Pimentel, já está pintado com a cor branca, apagando os rabiscos esverdeados que foram feitos na madrugada da última sexta-feira (27).

Como este Blog mostrou, Waltermário é uma das testemunhas do inquérito policial que aponta, segundo denúncia do Ministério Público estadual (MPBA), a acusação do envolvimento do diretor-presidente do Serviço de Água e Saneamento Ambiental (SAAE), Joaquim Neto, na morte do ex-coordenador da Defesa Civil, Adalberto Gonzaga.

Em seu programa na Rádio Cidade AM, na última sexta, Waltermário disse que não vai falar sobre o assunto, mas afirmou: “estou tranquilo, em paz”.

Joaquim Neto Nega envolvimento no assassinato de Adalberto Gonzaga e afirma que a peça acusatória se baseia num boato espalhado pelo radialista, que para ele é um “notório inimigo político, já condenado por calúnia e difamação”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome