Web série lançada por estudantes de Jornalismo em Juazeiro aborda comunicação popular no Vale do São Francisco

0
(Foto: Divulgação)

O Arco da Ponte Presidente Dutra, em Juazeiro (BA), foi palco, no último final de semana, do lançamento da web série ‘Comunicação Popular e o Exercício da Cidadania no Vale do São Francisco’. O objetivo foi mostrar o trabalho desenvolvido por grupos e instituições que promovem comunicação popular na região.

O projeto audiovisual desenvolvido pelos estudantes do 7° período do curso de Comunicação Social/Jornalismo em multimeios, da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), dialoga por meio de produções áudio visuais que serão disponibilizadas na web o desenvolvimento da cidadania por meio da comunicação popular.

Ao todo são seis episódios que abordam de que forma a comunicação é desenvolvida pelos grupos registrados: Carrapicho Virtual, no salitre; Rádio Curaçá FM, na cidade de Curaçá; Rádio Poste do Bairro Quidé e Rádio Escola do Colégio Prof. Pedro Raimundo Moreira Rêgo, em Juazeiro; e do Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada (IRPAA) e Comissão Pastoral da Terra (CPT), que desenvolvem um trabalho na zona rural da região. Em cada um dos vídeos, com duração de 5 minutos, é possível perceber o engajamento dos personagens que produzem comunicação como uma forma de resistência e representação.

Discutir, principalmente em espaço aberto, a importância de se ter uma comunicação contextualizada, é também abrir espaço para as diversas vivências desses grupos e gerar informação para comunidade em geral. Nathalia Carvalho, uma das produtoras da web série, destacou a importância de levar para rua a exibição de trabalhos como esse: “Isso abrange muito o papel da universidade. Porque universidade não só se trata da comunidade interna que está ali todos os dias, mas é trazer sim resultados para comunidade externa. Aqui apresentamos conceitos, como a comunicação popular que muitas pessoas não conhecem e passam a conhecer através dessas produções que nós realizamos“.

Episódios

Os episódios serão disponíveis em um canal do YouTube, que ainda será divulgado pelos estudantes, mas o objetivo da turma é que a Web série alcance o maior número possível de pessoas e que o trabalho desperte o debate sobre comunicação e o exercício da cidadania na sociedade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome