Vice-líder de Paulo Câmara na Alepe alerta: “Se politizar ou eleitorizar questão da segurança pública, não conseguiremos superar o momento”

3
Rodrigo Novaes. (Foto: arquivo/divulgação)

Vice-líder do Governo Paulo Câmara na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), o deputado sertanejo Rodrigo Novaes (PSD) mandou um recado aos críticos da atual gestão, quanto à segurança pública no Estado: se levarem o assunto para o lado da ‘politização’ ou da ‘eleitorização’, fica difícil superar esse momento.

Todo o país está passando por dificuldades no combate à criminalidade. Ou encaramos o problema sem politizar ou eleitoralizar, tratando das nuances sociais, ou não conseguiremos enfrentar esse momento“, ressaltou o deputado, em discurso ontem (6).

Novaes registrou todo esforço que tem sido feito pelo Governo do Estado e pontuou a responsabilidade do governo federal na questão da entrada de drogas a armamento no território nacional. “Temos a Polícia Federal e Rodoviária Federal sem efetivo para defender nossas fronteiras e nossas estradas. Também não contamos com a ajuda das Forças Armadas nesta tarefa”, destacou o parlamentar, que chamou a atenção para a falta de um plano de segurança nacional.

Ele lembrou que no início da semana foram chamados por Paulo Câmara 1.200 homens e mulheres que irão integrar a Polícia Civil (PC). “Isso permitirá que todos os municípios contem com delegado e agentes”, acrescentou. Além disso, o parlamentar disse que no mês de março serão enviados às ruas mais 1.200 homens da Polícia Militar (PM). “Sabemos que isso não é o bastante, mas muito se tem feito. É necessário que o Governo Federal faça a sua parte também. Vamos continuar cobrando, não só ao Executivo, mas também ao poder judiciário, esforços para que tenhamos mais segurança no nosso Estado“, finalizou. (Foto: Jarbas Araújo/divulgação Ascom)

3 COMENTÁRIOS

  1. José francisco da SILVA .a violência esta presente em todo brasil ; Pernambuco não podia ser diferente; a falta de investimento na segurança não permite planejamento; colocar maior numero policias nas ruas ameniza mas não é a solução; os crimes; assaltos; vão continuares até que se crie estrutura permita solucionar os problemas

  2. O povo pernambucano vai cair novamente no conto do vigário do Paulo Camara e companhia? Eu mesmo NÃO!! Só não ver quem não quer que o atual governo simplesmente lavou as mãos em relação a segurança pública no estado. O verdadeiro caos ainda vai acontecer se não forem tomadas decisões enérgicas contra a criminalidade e o crime organizado que está se instalando não só no nosso estado mas em toda a região nordeste.

    FORA PAULO CAMARA E LEVE SUA CORJA JUNTO!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

5 × 2 =