Vereador tem mandato devolvido após acusações de compra de votos no Agreste

por Carlos Britto // 30 de novembro de 2022 às 16:34

Foto: Reprodução

Em Brejo da Madre de Deus, no Agreste, o vereador Ismar Batista Aguiar (UB) teve o mandato devolvido pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PE) após ter sido julgado por acusações de compra de votos. Ele chegou a ter o mandato cassado e ficou inelegível.

O TRE-PE julgou como inválida a única prova existente contra o parlamentar, que voltou a ficar apto para exercício dos pouco mais de dois anos que ainda lhe restam nesta legislatura. Todas as acusações foram derrubadas. Ainda cabe recurso ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), mas desta vez o vereador permanecerá no cargo até a decisão final.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.