Vereador Carlinhos Ramos detona administração de Vilmar Cappellaro: “Lagoa Grande está um caos total”

0
Foto: Divulgação

Tendo realizado um tour pela sede e zona rural de Lagoa Grande (PE), no Sertão do São Francisco, a oposição ao prefeito Vilmar Cappellaro (MDB) prepara a artilharia para o período eleitoral. O líder do bloco, vereador Carlinhos Ramos (PSB), acusa o gestor de não cumprir com suas promessas à população, bem como entregará a cidade pior do que encontrou.

O prefeito disse que passou esse tempo todo arrumando a casa, mas infelizmente até agora nada foi arrumado, ele vai deixar a casa pior do que estava. Lagoa Grande está jogada, um caos total em todos os setores que a gente anda”, disse. Para o oposicionista, a situação de “descaso” político-administrativo do município reflete na precariedade e estado de abandono em que, segundo ele, se encontram a Secretaria de Saúde, o ginásio, a cozinha comunitária, saneamento público, hospital e ambulâncias.

Para se ter uma ideia, nós fomos a um hospital onde falta lençol, os colchões estão rasgados; as ambulâncias novas, por irresponsabilidade da atual gestão, estão encostadas por falta de seguro, e, por causa disso cerca de 10 mil habitantes do povoado de Vermelhos estão sendo transportados em um [carro] Gol, impróprio para o transporte de pacientes”, denunciou.

Carlinhos também garante que durante a incursão pela cidade, a oposição flagrou moradores consumindo água misturada a dejetos humanos “porque a prefeitura fez um dreno lançando o esgoto no mesmo local onde a Compesa capta água”, aponta. Segundo o vereador, somente após a repercussão do caso que a gestão municipal interrompeu o escoamento na região. “A prefeitura fez um aterro, mas o esgoto já transbordou e virou uma cachoeira na localidade”. Ele relata que uma denúncia foi protocolada no Ministério Público buscando a responsabilização do Executivo local.

Frente partidária

Por fim, o líder da oposição ainda indica que uma grande frente será montada para enfrentar Cappellaro nas eleições municipais de outubro. “Semana passada nós sentamos, numa reunião muito produtiva, onde estavam todas as principais lideranças da oposição, os cinco vereadores, o ex-vereador Erasmo, o ex-secretário de Educação, Daniel Torres, dentre outros, fortalecendo nosso diálogo para que possamos eleger um nome competitivo em 2020”, contou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome