Valores arrecadados com multas aplicadas no trânsito de Petrolina poderão ser divulgados no Portal de Transparência da prefeitura

2
Foto: divulgação

O destino dos valores arrecadados com multas aplicadas a condutores de veículos em Petrolina poderá, em breve, ser divulgado no Portal da Transparência da prefeitura. A proposta é da vereadora Cristina Costa (PT). Ela deu entrada nesta terça-feira (12), na Casa Plínio Amorim, a um projeto de lei (005/19) com esse intuito.

De acordo com Cristina, a inciativa deve-se pelo fato de os vereadores serem constantemente procurados por quem já sofreu alguma multa – principalmente aqueles que consideram a punição injusta. “O cidadão terá a oportunidade de saber qual o rendimento das multas que tem, como está sendo destinado esse recurso, qual o percentual que vai para a saúde, para a educação, para investir em melhorias no próprio trânsito de Petrolina”, ressaltou.

A vereadora aproveitou para destacar “o grande trabalho” realizado no setor pelo atual diretor-presidente da Autarquia Municipal de Mobilidade (AMMPLA), Edilson Leite – o Edilsão do Trânsito. Disse também que, com o projeto, sua intenção é contribuir ainda mais com o setor, levando para o Portal da Transparência detalhes sobre os valores das multas, como estão sendo aplicadas e se dão o devido retorno em melhorias para todos os petrolinenses, em especial motoristas e pedestres.

Perguntada sobre a pecha de “indústria de multas” que o município carrega não de hoje, Cristina argumenta que, mesmo com as informações repassadas de maneira bem clara a ela por Edilsão do Trânsito sua proposta pretende justamente acabar com interpretações que deem margem a tal comentário. “Com o apoio dos vereadores e o reconhecimento do prefeito Miguel Coelho, de poder colocar no Portal da Transparência todo recurso de multa que entra em Petrolina, o cidadão terá a oportunidade de dizer se realmente existe ou não se existe essa indústria, e principalmente como esse recurso dessas multas que o cidadão leva no dia a dia, quando comete alguma irregularidade, ou quando é multado injustamente e pode recorrer”, pontuou.

2 COMENTÁRIOS

  1. Acho difícil deste projeto passar,mas se passar será uma maravilha.Agora sem fazer bajulação a esta gestão no meu ponto de vista ,esta foi a gestão que mudou esse negócio de multa aqui em Petrolina, agora tinha uns gestores passados da AMMPLA) ,que o negócio dele era colocar radar e o diabo para tirar dinheiro do cidadão,Edilsão deu outra visão e um exemplo para os gestores que se achavam a bala que matou John Lennon.

  2. Esse dinheiro das multas vao pra onde? A cidade esta cheia de buracos e a AMPLA nada faz pra reparar essa avenidas, A estrada da banana que liga Cassimiro a Pedra Linda so iram resolver qiando morrer um cidadao, A pista acabou os moradores estao tapando os buracos com areia….Vergonha Prefeito Miguel essa estrada,Da uma passada la Miguel…..Sei que vc so anda nessa estrada em epoca de Politica , Mas da uma passada la Miguel Coelho pra vc ver de perto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome