TSE indefere agravo contra prefeita de Flores por abuso de poder econômico

0

moriokadez2012O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) julgou, na noite de quarta-feira (25), o agravo regimental pelo qual o bloco de oposição no município de Flores tentava obter a declaração de inelegibilidade da prefeita Soraya Morioka (PR/foto), alegando que a gestora teria realizado abuso de poder econômico nas eleições municipais de 2008.

Entretanto, em voto de desempate, o ministro Gilmar Mendes seguiu os ministros João Otávio de Noronha, Henrique Neves da Silva e Luciana Lossio, entendendo que a prefeita não cometeu qualquer ato que pudesse justificar sua inelegibilidade, como pretendiam os advogados que representam lideranças oposicionistas.

De acordo com a assessoria da prefeita, “trata-se de uma vitória jurídica que restabelece o sentimento de justiça e faz prevalecer a vontade popular dos florenses”.

A decisão do TSE só confirma o que todos já sabiam: a prefeita Soraya segue firme e forte na defesa das pessoas que fazem a cidade de Flores e continua ‘ficha limpa’, como sempre foi e sempre será”, informou a assessoria, em nota enviada à imprensa. (Foto/reprodução)

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

dois × 4 =