Três anos após matar PM da Bahia, ex-policial civil de PE é assassinado com 13 tiros em Petrolina

0

Um ex-policial civil de Pernambuco foi assassinado ontem (6) na Avenida Monsenhor Ângelo Sampaio, Bairro Areia Branca, zona leste de Petrolina. A vítima, Valdério Ferreira da Silva (foto), de 41 anos, foi atingida por treze disparos de arma de fogo, segundo o 5º Batalhão de Polícia Militar (BPM).

Na mesma ocasião, outro homem ficou baleado e foi encaminhado ao Hospital Universitário (HU) e permanece internado em estado estável. Os dois consumiam bebida alcoólica quando foram surpreendidos por homens, ainda não identificados, que chegaram a pé e efetuaram os disparos, fugindo em seguida.

Segundo informações policiais, Valdério Ferreira, que foi lotado na Polícia Civil de Araripina, no Sertão do Araripe, matou o policial militar baiano Mauro Roberto Sampaio Simões no dia 16 de junho de 2014, no Bairro José e Maria, zona norte de Petrolina. Ele foi excluído da corporação após o ocorrido.

O soldado Mauro, que foi morto pelas costas com um tiro na cabeça, era lotado na Companhia Independente de Policiamento Especializado (CIPE/Caatinga). Na ocasião, Valdério foi preso em flagrante com uma pistola por policiais do 5º BPM.

Ainda de acordo com informações policiais, Mauro estava de folga no momento do crime. À época, a polícia disse que a suspeita era de que o homicídio tenha sido motivado por uma “rixa” antiga entre os policiais. O PM Mauro era casado e residia no bairro de Peru, no município de Jacobina, no norte da Bahia. (foto/reprodução)

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome