Transparência nos recursos do Instituto Previdenciário de Juazeiro é cobrada por vereador e servidores

1

medeiros previdência JuazeiroNa reunião com servidores públicos do município nas assembleias realizadas pela APLB na quarta (25) e com o Sintrab/Saúde na quinta-feira (26), o vereador da bancada de oposição na Casa Aprígio Duarte Filho, Zé Carlos Medeiros (PV), reforçou a luta em defesa da transparência no Instituto de Previdência Própria de Juazeiro (IPJ).

“O que estamos fazendo nessas assembleias é debater com as categorias o projeto de lei que aumenta as alíquotas e  o desejo do Executivo em legislar sobre o IPJ através de decreto  que, estranhamente, foi enviado depois da nossa provocação em convocar o diretor-presidente do instituto para prestar contas desde o último dia 2“, pontuou Medeiros. “Nós, vereadores, e o prefeito estamos servidores públicos, diferente da categoria. Precisamos pensar com responsabilidade essa questão“, ponderou.

De acordo Medeiros, os servidores precisam descobrir como foram desviados os quase R$ 7 milhões e onde foram aplicados e saber como será essa devolução aos cofres públicos. Ele também disse que a categoria deve se mobilizar para impedir a votação do projeto e “rasgar a proposta de lei”, rediscutindo a lei que criou o IPJ, adequando a Constituição Federal e a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). Presente à assembleia do Sintrab, o especialista em direito previdenciário, Mário Cleone, reafirmou a preocupação do vereador com a situação do instituto. “Se o servidor não se atentar, podemos ter uma previdência falida“, afirmou. As informações são da assessoria de Medeiros. (Foto/divulgação)

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome