Suzana Ramos prestigia inauguração de espaço em entidade filantrópica

por Carlos Britto // 21 de julho de 2021 às 20:22

Foto: Pedro Ângelo/PMJ divulgação

A prefeita de Juazeiro (BA), Suzana Ramos, e o secretário de Desenvolvimento Econômico, Carlos Neiva, participaram ontem (20) da solenidade de inauguração do Centro de Capacitação Pedro Barreto, da Fundação Lar Feliz. A Fundação existe no Vale do São Francisco desde 1998 e possui um imenso impacto social para mais de 525 crianças e adolescentes em vulnerabilidade social.

O pontapé inicial foi dado por Décio Barreto Junior, CEO da Icofort Agroindustrial LTDA, empresa que atua há 56 anos na extração do óleo de algodão. A obra foi totalmente custeada pela empresa, que tem como propósito transformar vidas. A entrega do Centro é a primeira parte do projeto que irá beneficiar, aproximadamente, 200 jovens por ano, com formações em tecnologia, marketing digital, beleza e outras fontes de valor e de renda. Autoridades, empresários e instituições ligadas às causas sociais também participaram do evento.

Durante a inauguração, a prefeita ressaltou a importância de fazer o bem a quem precisa. “Já conhecia o projeto e é uma satisfação grande estar aqui hoje. Minha trajetória é focada no social, eu adoro fazer o bem. Estou sem palavras com essa doação, porque como é bom transformar a vida das pessoas. Agradeço a você, Décio, e aos empresários que ajudaram um projeto tão lindo“, destacou.

Para Carlos Neiva, quando as pessoas se unem com o propósito de ajudar e fazer o bem, o dinheiro investido é só um detalhe. “Verdadeiramente acredito que nada na vida seja casual. As pessoas e histórias de vida se encontram, e quando os propósitos são parecidos resultam em um projeto desse porte. Aqui tem dinheiro investido, mas preocupado com a questão social, com o servir. Então quero registrar a minha alegria de presenciar esse encontro de vidas e determinação em fazer o bem“, frisou.

Foto: Pedro Ângelo/PMJ divulgação

Emoção

Emocionada, Ressu Barbosa, diretora geral da Instituição, falou da importância de sentir a dor do outro e aprender a dividir. “Eu sou movida pela emoção. Eu queria dizer muito obrigada por toda essa grandiosidade. A vida toda a gente sonhou, e isso inspira a gente a sentir o outro. Dividir, amenizar e tocar“, declarou.

O Centro de Capacitação Pedro Barreto é um legado da família de Décio Júnior, que tinha o sonho de construir a própria fundação – seguindo os passos do avô e dos seus pais, que sempre ajudavam crianças e adolescentes em vulnerabilidade social. Ao conhecer o trabalho de Ressu Barbosa, à frente da Fundação Lar Feliz, tirou o planejamento do papel e contribuiu com a ampliação do espaço. “A gente sabe extrair e refinar óleo de algodão, mas cuidar de criança como a Ressu, não tem no mundo. Cada vez que venho aqui, tomo um impulso enorme. Eu só agradeço a Deus e a todos os envolvidos, sou um homem realizado por tá entregando esse centro“, afirmou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *