Sinpol-PE acusa Governo do Estado de negligência com a Segurança Pública

por Carlos Britto // 20 de outubro de 2021 às 10:30

Foto: Reprodução

Os integrantes do Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco (Sinpol-PE) acusam o Governo do Estado de ser negligente em relação aos investimentos na segurança pública. Para eles, o crescimento de 8,89% em setembro dos crimes no estado de Pernambuco, em relação ao mesmo período de 2020, estão evidenciados em pesquisa realizada junto aos dados divulgados pelo Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos- DIEESE.

A pesquisa foi realizada devido às constantes denúncias sobre as questões de deficiências nas Unidades Policiais, uma clandestinidade funcional que impõe o exercício de atribuições que não são da base, além de um grande déficit de efetivo e uma estagnação salarial de anos“, disse o órgão.

Ainda segundo os sindicalistas, o Governo tem recursos em caixa, mas não o utiliza  para a Segurança Pública. “Pernambuco é o 21° estado que menos investe em Segurança Pública e o 18° em recursos destinados com a função e subfunção, ou seja, gastos de pessoal e  custeio. Atualmente com menor investimento desde  2011, onde na época, se investia 3, 20 bilhões, em compensação em 2020 foi de apenas 2,88 bilhões“, disseram, argumentando que a categoria também precisa de reajuste salarial. O governo ainda não se pronunciou sobre o caso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *