Sílvio Camelo:O transporte público pode acabar em Petrolina

por Carlos Britto // 15 de junho de 2009 às 11:34

silvio-camelo11Sílvio Camelo, da Setranvasf (Sindicato das Empresa de Transporte Coletivo do Vale do São Francisco) disse hoje a Néia Gonçalves (Grande Rio FM) que teme pelo fim do transporte coletivo em Petrolina. Ele disse que isso já aconteceu em outras cidades.

Sílvio informou ainda que o acordo já foi fechado para que 500 mototaxistas trabalhem legalmente, mas não entende por que nada avançou depois disso. Sobre a audiência pública da Câmara de Vereadores, disse que “foi muito bonita”, mas não passou disso. Não gerou resultados.

Sílvio Camelo:O transporte público pode acabar em Petrolina

  1. Roberto Guedes disse:

    Basta agora criar uma Lei regulamentando os requisitos que terão de ser atendidos pelos mototaxistas para atuar legalmente na cidade. Como por exemplo: inspeções anuais das motos onde será conferido funcionamento dos sistemas elétricos (farois, laternas, buzinas…), sistema de freio, condições de uso da moto (estado de conservação do estofamento e componentes externos da moto),índice de emissão de gás carbônico e manutenção dos capacetes (limpeza e estado de conservação).
    Lembrando ainda que os capacetes são grande foco de infestações de micoses e piolhos entre outros.
    Outro ponto a ser visto é em relação a situação dos mototaxistas frente ao INSS.
    É necessário também verificar a situação jurídica deles frente ao município, pois na ausência do transporte público fica caracterizado que eles estão prestando um serviço de responsabilidade do municipio o que pode ser distorcido pela Justiça do Trabalho como sendo vinculo empregatício com o Município.

  2. Transporte Coletivo de qualidade, já! disse:

    Petrolina está se nivelando por baixo. Temos que ter como exemplo o transporte coletivo da Inglaterra… e não do Crato, pelo que dizem, cidade onde surgiu esse sistema de transporte de passageiro. Será que vamos voltar a era das carroças como forma de transporte coletivo?!

  3. Carlos disse:

    Transporte Coletivo é PIADA no BRASIL, Acabar o que não se tem.Vai contar essa a outro, acho que estão mais é com vergonha das CARROÇAS que circulam na cidade.Venda os que tem e tente começar com Novos Carros. Quem sabe possa dar CERTO.
    Quanto aos Mototaxistas jé está na hora de DAR UM BASTA, Como Diz Boris no SBT “ISSO È UMA VERGONHA”.
    Agora que acabou a JECANA Vou comprar um JEGUE esse sim é SEGURO.

  4. Ok OK Ok OK disse:

    OK OK OK OK

    Vamos então acatar o que disse esse rapaz, o Sílvio! O povo só anda de moto-táxi mesmo, então vamos encerrar as atividades do transporte público em Petrolina, ok?

    Agora, quanto aos velhinhos, bebezinhos, doentinhos, soldadinhos, deficientizinhos, famílias em trânsito, esses vamos deixar que Lóssio atende e os leva em seu carro, ok?

    Falta seriedade!

    Transporte sucateado? Lógico, como pode haver renovação de frota se existe o clandestino, se a própria população prefere os acidentes, os piolhos, as micoses, as chuvas, os buracos e ainda mais preferem abraçar em motos?

    Ok ok ok ok

  5. Tontonho disse:

    Sr. Silvio…
    Camelo serve!
    Jumento serve!
    Cavalo serve!
    Burro serve!
    Só nao serve, é moto!!!
    Somente para uma Administraçao Municipal incompetente como a que temos em Petrolina é que moto serve!!
    Uma falta de responsabilidade a desmoralizaçao do serviço de transporte coletivo de onibus em nosso municipio…
    As empresas deveriam responsabilizar a Prefeitura Muncipal pelo desmando…
    Cruzar os braços!!
    Somente funcionar ou colocar os onibus nos horarios de pico…
    Porque motoqueiro so anda na hora que quer, nos lugares que quer…
    Uma vergonha….
    Um povo sem poder público… O Petrolinense…
    Uma verdadeira imoralidade!!!!
    Tontonto tá injuriado!!
    E diga-se de passagem, Tontonho nao faz parte de nemhum grupo politico!!!!

  6. Super sincero disse:

    esse tal de tontonho deve ser um flamenguista ou entaõ eleitor de Gonzaga só vive resmungando

  7. pedro disse:

    vergonha total, acabou transporte coletivo pra individual, aliás epttc nada tem a ver com isso , ela foi criada para gerir transporte COLETIVO, Moto não é , o gestor de moto táxi deve ser exclusivamente do prefeito, aliás ele deveria contratar um para levá lo aos bairros como na campanha, de preferencia com aquele sorriso

  8. pedro disse:

    Moto taxista faz o que quer, principalmente os amarelinhos andam na contra mão, sem capacete mandam na cidade, a cidade está parecendo uma permanente feira das localidades do interior

  9. Opinião é pra quem tem. disse:

    Super sincero, vc devia usar esse espaço para dar sua opinião ao invés de criticar a opinião dos outros como você fez com o Totonho, ele democraticamente está expondo a opinião dele, idependetente de ele ser flameguista, vascaíno, palmerense, corithiano, eleitor de Gonzaga, de Fernando, de Jarbas, pq vc não faz o mesmo, Petrolina deveria se espelhar em transporte coletivo de qualidade, e punir com rigor quem não cumprisse esse padrão de qualidade. Seja ele mototaxi, lotação ou ônibus.

  10. Tontonho disse:

    Petrolina, numca viu tamanha barbaridade…

    Nemhum dos administradores que passaram por aqui deixaram correr tao frouxo….

    Isso é falta de pulso….

    De agora por diante amigos….

    Nao esperem nada dessa Administraçao Municipal

  11. Salomão disse:

    Se moto-táxi é uma realidade, não temos que lamentar, simplesmente regulamentar:
    Tarifas fixas de acordo com a linha:
    Toucas descartáveis para evitar transmissão de doenças:
    Pontos fixos;
    Fiscalização “séria” das motos e motoqueiros;
    O transporte coletivo do mesmo jeito:
    Definir linhas rentáveis para as empresas:
    Ônibus confortáveis e não carroças que quebram todo dia;
    Fiscalização “séria” em relação a horários, lotação, segurança, manutenção.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *