Servidores da Saúde interditam via pública e protestam

por Carlos Britto // 08 de janeiro de 2009 às 12:52

Servidores da saúde interditam nesse momento a Tobias Barreto para exigir “mais respeito a categoria”. A liderança do sindicato em Recife está toda em Petrolina e exigem imediato cancelamento do contrato com o IMIP. Eles têm uma reunião ás 14:30h com o secretário de Saúde Dr. Mendes

Servidores da Saúde interditam via pública e protestam

  1. Petrolinense disse:

    Engraçado,

    Na época do firmanento do convênio, foi bastante difundido esse tal contrato da Prefeitura de Petrolina com o IMIP, dizendo q seria a solução de todos os problemas. nem bem começou poucos meses após, já não é mais uma idéia execelente, nem por parte da gestão anterior (q não honrou os repasses, deixando um rombo de milhões aos cofres públicos municipais), nem por parte da classe médica.

    Em pouco tempo observo q algumas pessoas mudam de opinião conforme a conveniência.

    Saudações,

    Petrolinense de nascimento e coração.

  2. Willson disse:

    EITA, E AGORA???

    REALMENTE A SAÚDE EM PETROLINA VAI MAL, COMO FRIZAMOS NO ANO PASSADO, POR SINAL O ANO TODO, O SLOGAM “A SAÚDE EM PETROLINA VAI MAL” CORREU OS MEIOS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL, E A COMUNIDADE PETROLINENSE TESTEMUNHOU, INCLUSIVE NO HDM, QUE GANHOU O PSEUDONIMO DE “MATADOURO”…. HOJE, O HOSPITAL DE URGÊNCIA E TRAUMA, DE “ELEFANTE BRANCO”, É HOSPITAL DE “TRAUMAS” MESMO, BASTA CONFERIR AS NOTICIAS NOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO… O PSF DO JOSÉ E MARIA, PARECE BRINCADEIRA, MAS LÁ TAMBÉM HÁ “TRAUMAS”, A COMUNIDADE QUE O DIGA. PARABENS AOS SERVIDORES, QUANDO A GENTE GRITA COM O “SA-PATO” NOS PÉS, É PORQUE ESTÁ DOENDO.

  3. René Batista disse:

    O negíocio é o seguinte:

    servidores concursados, viciados em atender mal a população, acostumados a enrolar serviço, roubar seringas, tal, não aceitam o profissionalismo e a forma humanizada de trabalho do IMIP.

    Eu tenho nojo dessa raça: servidor público que adora se escorar na estabilidade para fazer greve e se achar no direito de prestar qualquer tipo de serviço à população.

    Enfermeiros e médicos no Neurocardio, por exemplo, ganham menos, trabalham mais e não reclamam.

    Agora ficam esses vagabundos prejudicando a população e criticando o convênio IMIP/Dom Malan.

  4. Jose Alves da Silva disse:

    Estes servidores só querem e servir a eles mesmos não querem trabalhar e servir o povo! Agora quando vão trabalhar no rede particular e ai fazem tudo certinho, direito…O povo precisa ser bem tratado!

  5. Bartolomeu Barros disse:

    Que maravilha esses discursos. É essa direção que alguns governantes estão querendo, que privatizem os serviços de direito. A exemplo da Celpe e Telemar (oi) teremos consequências piores. Os americanos até hoje não encontraram um rumo certo para o atendimento a saúde, com dívidas e dívidas nas seguradoras e um mal atendimento. O SUS é uma possibilidade. Claro que falta um bom planejamento, seriedade e compromisso a partir dos nossos governantes. Com cobranças nos serviços, boa administração, um Conselho de Saúde forte, que represente os anseios da comunidade nos aproximaremos de um bom atendimento. O IMIP é uma instituição da qual devemos nos orgulhar e é por isso a luta dos servidores. 1.5 milhão ainda é pouco quando se trata de atendimento em saúde. Não havendo recursos o que sobrará é uma imagem ruim do serviço. Busquem conversar com algum enfermeiro do IMIP/DM e você saberão o que acontece lá dentro.

  6. Jair Lima Lopes de Vasconcelos disse:

    Pode ter certeza que este protesto não é pensando na população, e sim neles próprios. Ainda não ocorreu tempo suficiente para saber se esse novo modelo de gestão é melhor ou pior que o anterior. Pelo que vi sendo noticiado, melhorou bastante…

  7. Petrolinense disse:

    eu não sei qual é o pior modelo…

    Saudações,

    Petrolinense de nascimento e coração.

  8. Robson Patrício disse:

    Eu estava na faixa de pedestre quando os manifestantes interditaram a vía, falei para a lider do movimento que daquela forma não consegueriam apoio do povo e sim a revolta daqueles que usam as vias de trafegos, que diga-se de passagem “o trafego já não fluí normalmente” e ainda tivemos que contar com o desconforto da paralisação, fiquei por vários minutos parado defronte a Imaculada Conceiçã; pude observar ainda um senhor que conduzia um Fiat/Uno e que em consequência acredito de sua idade, ficou irritado e nervoso, saindo do carro e vindo em minha direção, deixei-o desabafar sua raiva para não vê-lo dar uma parada cardiáca; esta foi a única coisa que os manifestantes conseguiram, gente acredito que haveria lugar melhor pra paralizar, como a Prefeitura ou a Direção do IMIP do que a escolha que fizeram, é apenas minha idéia, pode ser que não seja a melhor, mais é a mais prudente, ou até mesmo usar a imprensa e dizer ao povo o que tá acontecendo dentro do IMIP

  9. Opara disse:

    Deixem o homem trabalhar… nunca vi um lugar para os médicos terem um status tão elevado como Petrolina e Juazeiro. Por que será?!

  10. cicero disse:

    esse servidores do estado querem que o imip saia, para que eles volte a trabalhar no dia que quizer, na hora que bem enteder, e tratando mal a população. Pessoas que so estão trabalhando porque passaram em um concurso, não por competencia e profissionalismo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.