Secretário de Saúde fala sobre liberação do uso de máscaras em PE

por Carlos Britto // 07 de outubro de 2021 às 15:00

Foto: Heudes Régis/SEI-PE

O secretário estadual de Saúde de Pernambuco, André Longo, afirmou, em coletiva de imprensa nesta quinta-feira (7), que o Estado só poderá ter condições epidemiológicas para flexibilizar a obrigatoriedade do uso de máscaras quando a vacinação completa atingir a marca de 80% da população elegível, aqueles com mais de 12 anos. O Estado irá alcançar o índice de 50% nesta quinta, segundo cálculos do governo.

Nos últimos dias, o tema entrou em voga no debate público. Duque de Caxias (RJ) anunciou, esta semana, a suspensão da obrigatoriedade do uso do equipamento e se tornou a primeira cidade do país a tomar essa decisão. Cidades como São Paulo e Rio de Janeiro planejam realizar grandes eventos nos próximos meses, como o Carnaval, também sem o uso das máscaras.

Representante da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm) no Comitê Técnico Estadual para Acompanhamento da Vacinação, o pediatra Eduardo Jorge da Fonseca classificou o debate da flexibilização das máscaras como “extremamente precoce e inadequado”. “Não temos uma situação epidemiológica persistente que indique sequer a discussão da retirada da máscara. Esse é um debate que não vai caminhar bem. Estamos no caminho certo, é longo, mas está sendo trilhado da melhor forma possível”, pontuou. (Fonte: Folha/PE)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *