Secretário de Saúde de Juazeiro apresenta balanço de ações do 2º quadrimestre

por Carlos Britto // 01 de outubro de 2021 às 15:00

Foto: Ascom PMJ/divulgação

O secretário de Saúde de Juazeiro (BA), Fernando Costa, apresentou à Câmara de Vereadores, nesta semana, o balanço do segundo quadrimestre de 2021 das ações da pasta. Ele fez uma prestação de contas referente a ações, serviços, indicadores e investimentos na área executados pela gestão municipal até o momento.

O secretário falou dos avanços na saúde nos últimos quatro meses, destacando a licitação para a reforma da Policlínica Municipal, o projeto de ampliação do número de leitos da Maternidade Municipal, o novo espaço para o Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest), uma nova casa  para os pacientes em Tratamento Fora do Domicílio (TFD) e a requalificação do Ponto de Apoio. Fernando Costa destacou, ainda, a implantação do Projeto ‘Bem Cuidar’, com capacitações para servidores e servidoras para o atendimento humanizado.

Com abordagem sobre todos os atendimentos realizados pela rede de saúde, com aumento relevante também em procedimentos, Costa ressaltou a implantação das cirurgias ginecológicas que antes eram realizadas apenas pelo TFD. Outro avanço importante foi a garantia de verbas de custeio para o SAMU, para residência terapêutica e cofinanciamento do Centro de Assistência Psicossocial Álcool e Drogas (CAPS III). O secretário anunciou o pregão para a compra de equipamentos para a maternidade. Para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), o destaque foi para o investimento de R$ 4 milhões.

O vereador Luciano do Vale questionou Costa sobre as ações de combate à Covid-19. Assis da Apolo elogiou o processo de vacinação contra a Covid-19, pela dinâmica na execução, e perguntou sobre a readequação do hospital de campanha. “A redução dos leitos do hospital de campanha se deu pela baixa taxa de ocupação e também pela baixa ocupação dos leitos de UTI na cidade. Estamos fazendo tudo de maneira responsável, mantendo a complexidade do atendimento na unidade”, respondeu o secretário.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *