Resultado das eleições deverá fazer Miguel Coelho reordenar aliados na Casa Plínio Amorim

por Carlos Britto // 09 de outubro de 2018 às 07:45

Foto: Ascom/divulgação

O prefeito de Petrolina, Miguel Coelho (PSB) tem nas mãos uma chance de ouro: O reordenamento de forças entre os seus vereadores após as eleições deste ano.

O prefeito viu a votação dos seus candidatos em todas as regiões e pode agora aferir quem trabalhou e onde trabalhou.

Diante desses números, Miguel tem agora um argumento mais plausível para questionar o ímpeto de quem pede e exige muito, mas ofereceu muito pouco retorno.

Resultado das eleições deverá fazer Miguel Coelho reordenar aliados na Casa Plínio Amorim

  1. Francisco disse:

    Melhor dizendo: retribuir o maximo possível para justificar a moeda de troca, ou seja, a compra da independência por cargos.

  2. sempre atento disse:

    Chegou a hora de nego chorar,pois sem dinheiro para terminar as obras o prefeito vai ter que enxugar a máquina se não ela para,haja corte agora dos cargos de confiança.

  3. Ehnois disse:

    oposição ao governo do estado, Petrolina lascou-se

  4. Ferraz disse:

    Miguel, tome cuidado com algumas alianças de última hora que tens feito; Na SEDUC, por exemplo, está cheio de gente azul por fora mas veste verde por debaixo da blusa.

  5. Defensor da liberdade disse:

    Hora da vingança Paulo Câmara, desce o sarrafo na cambada de traidores! Começa expulsando um monte de demagogos do PSB aqui de petrolina que estavam fazendo campanha contra! Fosse eu perseguiria qualquer um que fez oposição. Sem obras para mostrar o que vai ter de demagogo correndo chorando atrás do governo do estado para serem reeleitos em 2020, não vai estar no gibi.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.