Representantes de bancos e empresas de telefonia serão convocados pela Câmara de Juazeiro sobre serviços oferecidos

1

comissão defesa do consumidor câmara juazeiro

Campeãs de reclamações da população em Juazeiro (BA) e no país, as agências bancárias e o serviço de telefonia no município estão entre as prioridades para resolução na Comissão de Proteção e Defesa do Consumidor (CPDC) da Câmara Municipal de Vereadores.

Esta semana, os membros da CPDC, os vereadores Mitonho Vargas (PT), Agnaldo Meira (PCdoB), Anastácio Assis (SD) e Bené Marques (PSDB) reuniram-se na Sala das Comissões da Câmara de Vereadores para definir a pauta e agendar o período dos trabalhos.

A comissão vai visitar as principais agências bancárias de Juazeiro para verificar in loco as condições de atendimento e o tempo de espera os quais são submetidos os clientes. “Inclusive temos uma lei municipal que determina o tempo de espera nas filas dos bancos, que claramente não está sendo cumprida já que há tantas reclamações na mídia”, avaliou o presidente da Comissão, vereador Mitonho Vargas.

Mitonho distribuiu para os membros cópias do Código de Defesa do Consumidor para orientar os trabalhos da comissão.

Além das visitas, os representantes das casas bancárias serão convidados a esclarecer a situação. “Vamos convidá-los formalmente para explicar os motivos da espera no atendimento e a falta de estrutura na disponibilidade de banheiro e água para os clientes”, reforçou Agnaldo Meira.

Uma agenda foi definida pela comissão a qual será divulgada após visita e convite dos membros aos representantes locais dos bancos. “Vamos fazer o primeiro contato e informar sobre os trabalhos da Comissão, em seguida daremos início aos trabalhos junto aos representantes locais”, informou o Bené Marques.

Serviço de telefonia

Com relação às operadoras de telefonia, a Comissão enviará ofícios para os escritórios das empresas sediados na capital, Salvador, agendando uma visita para esclarecimentos acerca do assunto. “O problema com a rede de telefonia em Juazeiro é grave, precisamos dar uma reposta à população, buscar soluções. Se for necessário vamos para a capital em busca dessas respostas”, ratificou o vereador Anastácio Assis. (foto: Ascom CMJ/divulgação)

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome