Representante de núcleos habitacionais de PE pede a FBC apoio por indenização dos moradores

0

O diretor da Federação das Associações dos Moradores de Núcleos de Cohab e Similares no Estado de Pernambuco (Femocohab), Antonio Camelo, esteve em Petrolina nesta semana para entregar uma indenização de seguro habitacional para 20 famílias do bairro Vila Macela, na zona norte. O caso, que tramitava na justiça há 8 anos, foi resolvido após a intervenção da Federação.

Antonio Camelo, conhecido como ‘Camelo do Seguro’, também é vice-presidente da Câmara de Vereadores da cidade de Paulista, na Região Metropolitana do Recife, e junto com a colaboração de um grupo de advogados, luta pela causa das família que são lesadas pela burocracia do sistema habitacional (anterior ao que foi lançado nos governos do PT), e com isso, podem passar a vida sem ter os direitos validados. Segundo Camelo, a Federação já ajudou mais de 370 famílias a receberem os valores de volta no município de Caruaru.

Em Petrolina, a Confederação, que é uma organização sem fins lucrativos, também já ajudou moradores dos conjuntos habitacionais nos bairros, Rio Corrente, Cohab Massangano, Loteamento Recife, Cohab VI, I, II e III, ao longo de 13 anos de atuação, com indenizações de até R$ 90 mil. “Muita gente que mora nesses lugares, passa a vida pagando uma porcentagem de seguro nas parcelas da casa, e a seguradora não faz os reparos que deveria ao longo dos anos, e essa indenização, segundo a justiça, deve ser feita em forma de dinheiro”, declarou.

O diretor continuou explicando que precisa do apoio dos deputados e senadores, especialmente do senador Fernando Bezerra Coelho (MDB), para que, como líder do governo no Senado, possa junto com o presidente da república Jair Bolsonaro, fazer essa causa ganhar mais voz. “Nós pedimos que o senador Fernando Bezerra Coelho olhe para esta causa e nos ajude com sua influência, a criar um grande acordo para que todas essas pessoas sejam indenizadas de uma só vez, e esses valores possam voltar para as mãos da população, principalmente em um momento tão delicado, como este de pandemia, em que muitas famílias estão passando necessidade”, concluiu.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

17 − 17 =