Cristina Costa bate duro em Osório sobre polêmica de reajuste dos vereadores: “Faltou transparência”

0

cristina costa

A vereadora Cristina Costa (PT) protagonizou na primeira sessão plenária de 2016, na Casa Plínio Amorim, realizada na manhã de hoje (2), uma dura discussão com o presidente da Mesa Diretora, Osório Siqueira (PSB). O alvo do embate foi o reajuste dos vereadores que integrarão a próxima legislatura, a partir de fevereiro do ano que vem.

Integrante da Comissão de Educação, Cristina se disse revoltada pelo fato de o projeto ter sido votado e aprovado em bloco – segundo ela – no “apagar das luzes” da última sessão de 2015 (em 29 de dezembro), sem o devido debate.

Em seu discurso da tribuna, a vereadora mostrou-se visivelmente aborrecida com o que considerou “falta de transparência” da parte de Osório. O presidente, no entanto, não ficou calado. Em tom de represália, ele afirmou que a colega de Legislativo não apenas estava equivocada como “joga para a plateia”.

Pelo projeto, cada vereador eleito ou reeleito nas eleições deste ano receberá, a partir da próxima legislatura, um salário bruto de R$ 15 mil. Atualmente esse valor é de R$ 12 mil. “Ele colocou em pauta nove projetos que foram votados em bloco, e enfiou o Projeto de Resolução 02 (sobre o reajuste) sem ler a emenda, sem distribuir para os demais vereadores e sem passar pelas comissões. Um projeto polêmico como esse, no momento que a gente vive, mereceria um debate com os próprios vereadores, com as comissões e principalmente com a população. Isso mostra a contradição de muitos dos que estão aqui”, dizendo que estão representando o povo, mas na hora de apresentarem um projeto, colocam de forma errônea e sobretudo não transparente”, desabafou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

um × quatro =