“Quem não foi enganado por Lula?”, afirma vereador Osinaldo sobre título de Cidadão Petrolinense a petista

5
Foto: Blog do Carlos Britto

O vereador governista Osinaldo Souza (PTB) voltou a levantar a voz contra a gestão petista dos ex-presidentes Luís Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff. Num discurso feito no plenário da Casa Plínio Amorim, na sessão de ontem (19), Osinaldo citou, entre suas principais críticas, os milhões de desempregados deixados como legado dos governos do PT, afirmando que o partido “afundou o país”.

No entanto, Osinaldo foi um dos autores do Projeto de Decreto Legislativo que concedeu o título de Cidadão Petrolinense a Lula, quando foi vereador pela primeira vez. Questionado sobre o assunto, ele não se esquivou de responder. Pelo contrário: voltou a endurecer o discurso.

Quem não foi enganado pelo PT? Todo mundo foi enganado. Nós acreditamos no PT; a bancada evangélica no Senado e na Câmara pediu votos para o PT. Mas foi Dilma ganhando a eleição e vindo com uma pauta totalmente contrária às igrejas. O que o PT queria fazer era instalar o comunismo nesse país. Privar o povo da liberdade de culto, de imprensa, de escolha. Igual ao que estão fazendo hoje na Bolívia, prendendo pastor, prendendo padre”, disparou.

O vereador afirmou ainda que a legenda precisa se explicar à nação sobre os R$ 37 milhões de pessoas que tirou da miséria, e no entanto o Brasil tem atualmente 14 milhões de desempregados. “Afundaram os fundos de pensão, o BNDES, a Petrobras. Iam afundar tudo, em busca de se manter no poder”, declarou.

Bolsonaro

Sobre o título a Lula, Osinaldo disse ter acreditado que ele seria digno de receber a honraria, mas admitiu que se equivocou. “Como eu, milhões e milhões de brasileiros foram extremamente enganados”. Sobre o atual presidente Jair Bolsonaro, Osinaldo frisou que não veria problema em conceder um título de cidadania a ele, desde que “faça por merecer”.

Outro autor do título de Lula, o hoje ex-vereador Alvorlande Cruz (PSL) é mais precavido. Embora afirme respeitar a opinião de Osinaldo, ele disse que não entrará nesse julgamento. “Tem muita histórias ainda para serem escritas”, ponderou.

5 COMENTÁRIOS

  1. É muito julgador neste mundo. A pergunta que faço é: e você enganou a quantos? POSSIVELMENTE, a diferença esteja apenas na quantidade. A verdade é que quem rouba pouco ou muito é ladrão do mesmo jeito. Quem mente pouco ou muito, mente do mesmo jeito. Vejo que tá fácil desempenhar a função de vereador em Petrolina. Bastar ter muita conversa e discurso para se jogar fora.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome