PSB discute novo modelo de gestão para Petrolina

4

9713079e920181888204b00a00ca124e_FotorNo encontro chamado de Petrolina de Futuro, realizado na manhã desta sexta-feira (19/02) no auditório do Sest/Senat, reuniu centenas de pessoas para discutir desafios e alternativas da maior cidade sertaneja. A agenda foi articulada pelo deputado estadual e presidente do PSB de Petrolina Miguel Coelho e contou com algumas das principais lideranças nacionais da legenda, como o presidente nacional Carlos Siqueira, os prefeitos Geraldo Júlio  do Recife e Márcio Lacerda de Belo Horizonte, o senador Fernando Bezerra Coelho e o líder socialista na Câmara dos Deputados, Fernando Filho.

Minha prioridade é aproximar o PSB da população, levar a legenda para a comunidade, para as periferias, promover os debates do futuro, dialogar sobre a cidade que queremos ver nos próximos anos. Já realizamos quatro grandes Agendas 40, reunindo mais de 2.500 pessoas para conversar e agora estamos iniciando uma nova fase deste trabalho, aprofundando ainda mais as discussões”, afirmou Miguel Coelho.

Carlos Siqueira elogiou a organização do seminário e garantiu que o município será uma das prioridades do PSB nas eleições de 2016. “É um evento da maior importância para a executiva nacional. Petrolina está entre as nossas prioridades. Acredito que com a preparação que já foi iniciada para essas eleições, haveremos de reconquistar a Prefeitura de Petrolina”, destacou o presidente.

Para o líder da bancada do PSB, Fernando Filho, a troca de experiências pode contribuir para a retomada do desenvolvimento da cidade sertaneja. “Independente de quem será o nosso candidato, nossa preocupação é saber onde há políticas políticas públicas eficientes, para trazermos para cá. Petrolina é uma cidade ousada, que quer voltar a crescer. Estamos buscando estas contribuições e experiências, para que possamos em breve oferecer à população um projeto consistente”, pontuou Fernando Filho.

Márcio Lacerda fez uma palestra sobre as inovações implementadas em Belo Horizonte, uma das maiores capitais brasileiras, há oito anos administrada pelos socialistas. Geraldo Júlio, que antes de ser prefeito do Recife foi secretário de Planejamento e Desenvolvimento Econômico do Estado, explicou sobre o modelo de gestão do PSB, que tem como base a eficiência dos serviços públicos e a economia de recursos. Geraldo fez questão de destacar o trabalho do líder do PSB na Câmara: “Não é fácil liderar uma bancada durante um momento de crise como o que estamos vivendo. Fernando Filho tem mostrado a maturidade e serenidade que o PSB precisa”. Ele também elogiou a proposta do evento, idealizado pelo presidente municipal. “Miguel é novo na idade, mas conta com a vivência de quem teve o interesse de aprender sobre a gestão pública e isso é fundamental na política”.

Prefeito da cidade por três vezes, Fernando Bezerra Coelho afirmou que está chegando a hora da cidade decidir que rumo irá tomar nos próximos anos. “Vamos ser chamados a escolher se quer seguir  o caminho do assistencialismo e da troca de favores. Se vai continuar vivendo a ilusão da propaganda fácil, que não toca a vida e a alma das pessoas, ou se volta a ser a cidade que se tornou uma referência para o Nordeste e o Brasil. A campanha que nós queremos fazer este ano é para que Petrolina possa se reencontrar com sua história”, destacou o senador.

4 COMENTÁRIOS

  1. ótima iniciativa , hoje a gestão participativa faz toda a diferença, ouvir a população também é um modelo que PSB, deve adotar fazendo reuniões nos bairros, nas comunidades para ouvir as demandas e os anseios da população .

  2. A pessoa que paga a você para o defender, também está sob investigação da PF. Você não lembra? Que a PF ficou uma manhã inteira dentro dessa prefeitura e levou documentos e é hds de computador para serem investigados? e milhares de páginas de um processo sobre o desvio de 18.000.000,00 desviado de obras sociais inpetrado pela justiça federal. Nesses processos estão sendo investigado 20 desonestos. Vai no foro souza filho na vara da fazenda pública, e verás.

  3. Pois bem, não entendo porque este comentário deste Ze mane resistiu à uma análise de moderação por parte do blog. O comentarista foi muito agressivo com o nosso senador.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

18 − 9 =