Projetos e investimentos na valorização de professores e alunos marcam 2019 na Educação de Petrolina

0
Foto: Ascom PMP/Sedu divulgação

Uma série de projetos e investimentos marcou o ano de 2018 na educação municipal de Petrolina. Os detalhes fazem parte do relatório anual apresentado pela prefeitura. No primeiro semestre, milhares de educadores participaram do concurso público para preenchimento de 455 vagas. Ainda no mês de abril, foram iniciadas as convocações dos aprovados e atualmente, todos os aprovados já foram nomeados.

Também em 2019, foi realizado o primeiro concurso para professor de Libras e Braile da Secretaria de Educação, Cultura e Esportes (Seculte). O processo segue em andamento aguardando a realização da terceira e última fase do certame.

A prefeitura vem buscando, desde 2017, fortalecer a valorização dos profissionais da educação pública no município. Através da promoção de políticas educacionais e de ações continuadas, a administração municipal investiu na qualificação dos mais de 2.300 professores que atuam na rede atualmente. Também foram implantados os programas e projetos (PROMAP/IQE, ProALFA, ProMei, PROIG  e ‘Juntos no Direito de Aprender’), que estão contribuindo para a qualidade da educação municipal.

‘Petrolina Educa’

A prefeitura também lançou, no primeiro semestre, a plataforma que define uma política educacional com ênfase nos professores, nos estudantes e no desenvolvimento do currículo. A gestão vem cuidando da saúde vocal dos professores com a distribuição de amplificadores vocais para os educadores; climatização de 40 salas de aulas em nove CMEIs e 96 salas de aulas em 21 escolas; na manutenção de 75% das unidades de ensino; aquisição de mais de 200 mil livros para uso nas bibliotecas escolares e cantinhos da leitura; além de equipamentos e mobiliário.

Foi também em 2019 que a atual gestão abraçou o desafio de ampliar o número de escolas de Tempo Integral no município, o que não acontecia há mais de 10 anos, saltando de uma para três unidades com uma metodologia inovadora na região. Encerrando bem o ano, a prefeitura inovou também no formato do processo da matrícula escolar. Através do programa “Busca Ativa”, a gestão iniciou o levantamento dos alunos novatos a fim de assegurar todas as vagas necessárias para o ano letivo de 2020.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome