Professores de Petrolina terão até R$ 8 mil de auxílio para compra de equipamentos

por Carlos Britto // 31 de agosto de 2021 às 08:50

Foto: Jonas Santos/PMP divulgação

Com a pandemia de Covid-19, o uso de aplicativos para realização de aulas e reuniões passou a ser fundamental no ensino. Por este motivo o prefeito de Petrolina Miguel Coelho decidiu criar um auxílio financeiro para os professores e secretários escolares adquirirem equipamentos como tablets, celulares e computadores novos. O incentivo foi anunciado ontem (30), durante inauguração da Escola Anete Rolim, no bairro Pedra Linda.

O projeto de lei que cria o ‘Auxílio Tecnológico’ para os trabalhadores da educação já foi enviado à Câmara de Vereadores. A iniciativa beneficiará 2.600 profissionais do município. Caso seja aprovado na íntegra, o incentivo vai garantir R$ 8 mil para os professores efetivos; R$ 4 mil para temporários; e R$ 4 mil para os secretários escolares. O valor deve ser empregado na compra desses equipamentos, que servirão como suporte em atividades remotas.

Segundo Miguel Coelho, os recursos para financiar o Auxílio Tecnológico já estão assegurados em conta. A prefeitura deve investir mais de R$ 15 milhões na medida. “Assim que a Câmara de Vereadores aprovar, iremos providenciar o pagamento. Esse é um projeto que ajuda, principalmente, a educação, mas também a economia já que os trabalhadores da educação poderão comprar equipamentos, gerando emprego e renda“, ressaltou o gestor.

Inauguração

Além do anúncio do auxílio, o ato no bairro Pedra Linda foi realizado para a reinauguração da Escola Anete Rolim. A unidade escolar foi totalmente reformada. O prefeito Miguel Coelho ainda entregou ruas pavimentadas no Pedra Linda. O conjunto dessas atividades integra a programação de aniversário de 126 anos de Petrolina.

Professores de Petrolina terão até R$ 8 mil de auxílio para compra de equipamentos

  1. Parabéns prefeito Miguel Coelho o sr. É Potência. DEUS está no comando isto sim é amor ajudar dando oportunidade a todos.Trabalhando em prol de todos.fazendo com que a sua cidade cresca beneficiando a todos e com amor que vencemos. Este é o grande mandamento de DEUS. Oro todos os dias para o sr. e Ciro Coelho meu amigo e sei que és sobrinho do mesmo grande homens que vem e se sentem felizes em ver a sua terra progredir .DEUS abençoe vocês

  2. Perus Ananias disse:

    Pelo que entendi, os professores temporários trabalham 100% menos que os efetivos, por isso devem receber 100% menos. Entendi, também, que ou não sabem contar, ou fazem do ambiente escolar o celeiro inicial da discriminação. É o Brasil. É Petrolina.

  3. Jefferson disse:

    E bem fácil fazer isso quando se está cogitando um cadeira de governador e tem apoio do orçamento secreto, quando os custos com a rede escola cairão consideravelmente !
    Em Araripina tem uma realidade pior, profissionais da educação e os demais servidores municipais desde sua nomeação sem um reajuste salarial!
    PROFESSORES DESDE DE 2017 SEM O REAJUSTES QUE VEM DO GOVERNO FEDERAL!

  4. Jefferson ribeiro disse:

    E bem fácil fazer isso quando se está cogitando um cadeira de governador e tem apoio do orçamento secreto, quando os custos com a rede escola cairão consideravelmente !
    Em Araripina tem uma realidade pior, profissionais da educação e os demais servidores municipais desde sua nomeação sem um reajuste salarial!
    PROFESSORES DESDE DE 2017 SEM O REAJUSTES QUE VEM DO GOVERNO FEDERAL!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *