Professores da rede particular decidem encerrar greve

por Carlos Britto // 04 de junho de 2009 às 22:34

Os professores das escolas particulares de Pernambuco voltaram ao trabalho ainda hoje (04). A decisão foi tomada em uma assembleia realizada nesta manhã. A categoria decidiu entrar em acordo com o sindicato patronal e acabar a greve iniciada na segunda (1º) em todo o estado. Cerca de 500 mil alunos estudam na rede privada.

De acordo com o diretor de comunicação do Sindicato dos Professores de Pernambuco (Sinpro), Gabriel Pimenta, algumas das reivindicações importantes foram atendidas. Ocorreram assembleias nas cidades de Caruaru, Petrolina, Araripina, Serra Talhada e Recife. Na quarta (3), havia sido definida a manutenção das férias de julho.

A categoria conseguiu que a pré-aposentadoria passasse de 15 para 18 meses de estabilidade, evitando que o professor seja demitido nesse período; conquistaram também um reajuste de 12% para os professores do nível 1; a correção das provas também ficou definida agora em duas vezes por semestre.

Os professores, no entanto, também cederam. A mudança da data de demissão por justa causa, por exemplo, vai continuar como está.

Com informações do Portal G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *