Professora da rede particular de Juazeiro é brutalmente assassinada quando saía para o trabalho

11
Foto: WhatsApp/reprodução

Um crime brutal ocorrido na manhã desta quarta-feira (20) no Bairro Alto do Alencar, em Juazeiro (BA), chocou a comunidade. Uma professora da rede particular de ensino da cidade foi assassinada com três tiros de arma de fogo, quando saía de casa para o trabalho.

A vítima, Élida Márcia Souza, estava no carro com o marido e sua filha, quando foi alvejada. Os suspeitos são dois homens numa motocicleta, que fugiram em seguida. O marido da vítima foi acertado de raspão, mas a filha do casal não ficou ferida.

Segundo informações, eles estariam de campana desde às cinco da manhã, esperando que a vítima saísse de casa. A Polícia Civil (PC) deve começar as investigações para descobrir a motivação e o autor do crime. Uma das linhas de investigação é a de latrocínio (roubo seguido de morte). A escola onde Élida trabalhava há dez anos, no Bairro Piranga, emitiu nota de pesar pelo ocorrido e comunicou que as atividades no estabelecimento estão suspensas, só retornando na próxima segunda-feira (25).

11 COMENTÁRIOS

  1. Se for verídica a informação de que os assassinos estariam aguardando a vítima desde às 5 da manhã, então a hipótese de latrocínio não faz muito sentido. Não que ela não pudesse ser um alvo específico, mas para um tipo de crime tão “trivial”, como o roubo, esses bandidos poderiam ter escolhido vítimas aleatórias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome