Presidente da Cubape cobra Paulo Câmara: “Cadê a Escola Técnica Estadual do Pedra Linda, governador?”

9
Foto/reprodução

Presidente da Central Única de Bairros de Petrolina (Cubape), Pedro Caldas insurgiu-se contra o governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), em relação à promessa de construir uma Escola Técnica Estadual no Bairro Pedra Linda. Até agora, o equipamento não saiu do papel – a exemplo do Hospital da Mulher, que também foi lembrado pelo líder comunitário.

O prefeito Miguel Coelho (PSB) já doou a área. O que falta, governador? Dinheiro ou vontade política com o povo de Petrolina? Ou vai ficar apenas na promessa, igual à construção do Hospital da Mulher?”, disparou Caldas.

9 COMENTÁRIOS

  1. O que é que tá faltando pata o teu chefe Miguel Coelho fazer o que prometeu? A mesma coisa: dinheiro. Falar é fácil. Eu quero ver é no lugar do governador. Eu quero ver é sendo espelho. Posição cômoda a sua seu Pedro.

  2. O “Desgovernador” está de costas para o sertão pernambucano. A exemplo da ponte na PE-122 que dá acesso a Bodocó que ainda hoje quebrada e não há qualquer sinal de reforma por parte do governo do estado. Lamentável esse DESGOVERNO.

  3. Espero que pelo menos esse governador tenha ombridade e não venha pedir votos em Petrolina! Sempre esteve de costas para nossa cidade tanto na gestão anterior como na atual. Essa Escola Técnica estadual já tem verba reservada pelo então ministro da educação Mendonça Filho que está no caixa do governo estadual, tem terreno doado pela prefeitura, não há razão pra ainda não ter sido iniciada as obras. É muita sacanagem para com os petrolinenses que não tem nada a ver com a briguinha entre o grupo político do governador com o grupo do prefeito.

  4. A culpa é do prefeito e de seu pai ! Que na campanha era o governador pra lá,o governador pra cá, ai de repente,a intriga. O pai querendo ser governador de toda maneira. Logicamente o governador ia dar o troco,e quem sofre com isso é a população petrolinense. Temos que acordar petrolina! .

  5. Aindo tenho esperança que tanto a Escola Técnica Estadual como o Hospital da mulher, sem esquecer do Armazém da Criatividade, saiam após a crise econômica cessar e o país voltar a crescer. Passando a eleição, o grupo do prefeito deveria ser pragmático e fazer as pazes com o governador, caso Armando Monteiro perca! Esse negócio de ser oposição não traz vantagem nenhuma a Petrolina e região.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome