Prefeito de Curaçá reúne-se em Brasília com Adolfo Viana em busca de solução para Operação Pipa do Exército

0
Foto: Ascom PMC/divulgação

O prefeito de Curaçá (norte da Bahia), Pedro Oliveira, se reuniu em Brasília (DF) ontem (1) com o deputado federal Adolfo Viana, no intuito de buscar uma solução para o problema de abastecimento d’água potável para consumo humano, realizado pela Operação Pipa do Exército. A medida foi implementada para amenizar os longos períodos de estiagem no município baiano.

O Ministério da Defesa realiza a distribuição de água potável por meio de carros-pipa em aproximadamente 500 municípios da região Nordeste e do Norte de Minas Gerais.

No município de Curaçá, a operação funcionou dentro da sua normalidade até mês de julho deste ano. A partir de agosto foi suspensa devido à aplicação de penalidade aos pipeiros contratados, em decorrência de resultado de processo administrativo, instaurado em 2018, para investigar infração contratual dos pipeiros, que deixaram de realizar os abastecimentos devido ao valor pago pelos serviços.

Segundo o Exército, que coordena a operação carro pipa em Curaçá, houve uma quebra de contrato e apenas foi aplicada a punição baseada nas cláusulas do contrato, a qual tem duração de seis meses e será encerrada em janeiro de 2020. Durante esse período, eles estão suspensos de operar com o Exército. Curaçá contava, dentro da normalidade, com 16 carros-pipas da operação. Hoje apenas dois carros estão contratados e rodando. Participaram da reunião a secretária de Governo da presidência da República, o Coronel Heldo e a secretária Nacional de Assuntos Federativo, Débora Macedo.

Foto: Ascom PMC/divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome