Petrolina sediará encontro preparatório do CREA para 11º CEP-PE

por Carlos Britto // 07 de julho de 2022 às 20:24

Petrolina sediará nesta sexta-feira (7) um encontro microrregional para o 11º Congresso Estadual de Profissionais de Pernambuco (CEP-PE). A reunião, coordenada pelo Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Pernambuco (CREA-PE), acontece a partir das 18h30, no Senac, localizado à Rua Zito de Souza Leão, 650, Vila Mocó.

A cidade sertaneja será a quarta a receber o evento. Os encontros preparatórios tiveram início na última sexta-feira (1), na cidade de Gravatá, no Agreste. Antes de Petrolina, duas cidades do Sertão também receberam profissionais para o encontro preparatório do CEP-PE: Araripina, ontem (6), e Salgueiro, nesta quinta (7).

O objetivo do projeto é debater assuntos relativos a três eixos temáticos: Inovação Tecnológica, Infraestrutura e Atuação Profissional. No total, estão programadas 17 edições dos encontros microrregionais preparatórios. As reuniões acontecem em todas as cidades que possuem inspetorias do CREA-PE.

Na programação, haverá também um encontro preparatório no Recife para reunir profissionais vinculados às entidades de classe. Será realizado a partir das 18h30, no dia 18 de julho, no auditório da sede do Conselho, no Recife. Concluídos os encontros preparatórios microrregionais, acontecerá nos dias 26 e 27 de agosto, em local a ser definido, o 11º CEP-PE. Nessa etapa serão eleitos os delegados regionais e sistematizadas as propostas que serão defendidas por Pernambuco no Congresso Nacional de Profissionais, que acontecerá em Goiânia (GO), no mês de outubro.

Serviço

Profissionais interessados em participar do encontro preparatório na cidade de Petrolina devem se inscrever no endereço eletrônico.

Petrolina sediará encontro preparatório do CREA para 11º CEP-PE

  1. Sérgio Pessoa disse:

    PREZADO PRESIDENTE DO CREA-PE, meu nome é Sérgio Pessoa, Gostaria de aproveitar a oportunidade e dizer que na qualidade de profissional engenheiro agrônomo, me sinto muito decepcionado com a fiscalização no nosso setor. Até um certo período anterior, tínhamos um agente fiscal de nome Fábio, que realizava essa função de fiscalizar nossa função além de auxiliar nas dúvidas pertinentes ao setor agronômico.
    O que houve? Se foi transferido, traga de volta ao nosso setor.
    Precisamos urgentemente sermos valorizados com parte do sistema CONFE/CREA/MÚTUA.

  2. Lula 2022 disse:

    É verdade, com Fabão na fiscalização era outra coisa.
    Volta logo pra cá Fabão, e arruma a casa novamente.

  3. Rodrigo Pereira disse:

    Hoje não tem mais fiscalização. Essas fazendas não tem mais Agrônomos. Falta fisicalizacao.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.