Petrolina reduz em mais de 96% casos de dengue, mas autoridades reforçam cuidados preventivos

por Carlos Britto // 13 de maio de 2021 às 12:00

Foto: Ascom PMP/SMS divulgação

Nos primeiros quatro meses deste ano, Petrolina teve uma redução de 96,6% nos casos de dengue, quando comparado com o mesmo período do ano passado. A dengue é uma das doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti. O município registrou apenas 15 casos em 2021. De janeiro a abril do ano anterior foram 380 confirmações.

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) atribui a redução às ações que vêm sendo desenvolvidas no município, ressaltando a importância da população no combate ao mosquito. Entre as recomendações estão a de manter fechadas caixas d’água, tonéis e tanques. Já garrafas e recipientes devem ser armazenados de cabeça para baixo e os pneus mantidos sempre cobertos.

É importante também verificar os vasos de plantas, lavar corretamente os recipientes e colocar areia nestes locais. O lixo doméstico também merece uma atenção especial: deve ser colocado em sacos plásticos e as lixeiras devem ficar sempre bem fechadas. Deve-se evitar, ainda, jogar lixo na rua ou em terrenos baldios.

Todos os dias os agentes de endemias fazem buscas em residências, escolas e órgãos públicos para eliminar possíveis criadouros do mosquito. É realizado também um trabalho de educação, através de panfletos, orientando os moradores sobre a prevenção e os prejuízos que a picada do Aedes pode trazer para a saúde humana.

  1. Zé Daniel disse:

    Não reduziram os casos de Dengue. Apenas transferiram para Covid. É mais rentável para o município.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.